Blog AVG Signal Segurança Vírus Como encontrar e remover vírus em smartphones Android ou iPhones
How_to_Remove_a_Virus_from_Phones-Hero

Como você pode saber se seu smartphone tem um vírus? Há uma resposta fácil: ele não tem. Smartphones não são infectados por vírus. Mas podem ser infectados por outros tipos de malware, e muitas pessoas se referem incorretamente como “vírus no Android” ou “vírus no iPhone” quando querem dizer malware em geral. Esqueça a terminologia. Vamos mostrar como usar um limpador de malware para remover apps malignos e fazer um escaneamento de vírus no smartphone.

Se você quiser se livrar de malware manualmente ou usar uma ferramenta de remoção de vírus, como um escaneador antimalware, para limpá-lo, nós vamos te ajudar. Tudo pronto para remover vírus do Android? Vamos começar, ou pule para aprender como remover um vírus do iPhone.

Este artigo contém:

    Como remover um vírus de um smartphone Android

    Embora um vírus de computador tradicional não possa infectar o smartphone, outros tipos de malware podem. Se seu dispositivo Android está exibindo os sintomas típicos de uma infecção, não espere. Veja como remover malware de um smartphone ou tablet Android imediatamente:

    1. Remova apps não utilizados

    A maioria dos malwares para Android são apps malignos. Embora o Google remova malware do Play Store o mais rápido possível, apps maliciosos costumam ser baixados milhares de vezes antes de isso acontecer. Você pode limpar esses aplicativos com um removedor de malware de smartphone, mas se quiser fazer por conta própria, veja como se livrar de apps maliciosos no Android:

    • Etapa 1: Entre no Modo de Segurança.

      O Modo Seguro no Android impede que apps de terceiros sejam executados. É uma ótima ferramenta para ajudar a identificar o culpado do comportamento incomum do seu smartphone Android. Se o problema sumir quando o smartphone está no Modo Seguro, você saberá que há um culpado: um app malicioso. O Modo Seguro também permite que usar o smartphone normalmente.

      Para entrar no Modo Seguro na maioria dos dispositivos Android, pressione o botão Desligar e mantenha ele pressionado. Depois, confirme pela caixa pop-up que deseja Reiniciar no Modo Seguro. Se isso não funcionar, procure como entrar no Modo Seguro no seu smartphone específico. Se feito corretamente, as palavras Modo de Segurança aparecem na parte inferior da tela do smartphone quando for ligado.

      Reiniciando no Modo Seguro no Android 11 para ajudar a detectar apps malignos.
    • Etapa 2: identifique o aplicativo mal-intencionado.

      Abra as Configurações e selecione a aba Gerenciar aplicativos ou Aplicativos e notificações (ou uma opção semelhante). Vá até a aba Baixados ou Aplicativos instalados e procure por apps suspeitos, como aqueles que você não lembra de ter baixado ou que não deveriam estar em execução no seu smartphone ou tablet.

      Há um app que você tenha baixado na época em que seu smartphone começou a se comportar de maneira estranha? Ele é provavelmente a fonte real do vírus para Android.

      Navegando das configurações para apps instalados para procurar apps falsos no Android 11.
    • Etapa 3: desinstale o aplicativo mal-intencionado.

      Na maioria dos casos, basta selecionar o aplicativo mal-intencionado e tocar no botão Desinstalar.

      Desinstale todos os aplicativos maliciosos para remover malwares do seu Android.Mas se o malware ou vírus para Android resistir, você pode encontrar um botão Desinstalar acinzentado. Isso significa que o malware tem acesso de administrador em seu smartphone e está impendido a desinstalação. Nesse caso, veja a Etapa 4.

    • Etapa 4: remova o acesso de administrador.

      Volte para Configurações e procure por Segurança ou configuração semelhante, dependendo da versão do Android. Toque em Administradores do dispositivo (ou algo semelhante) e verifique se algum aplicativo malicioso tem acesso.

      Selecione “Segurança e localização” e depois “Apps do administrador do dispositivo” para verificar quais aplicativos maliciosos podem ter acesso ao seu aparelho.

      Caso tenha, toque no aplicativo e retire o acesso dele desmarcando a caixa azul ou clicando em Desativar. Agora você pode desinstalar o aplicativo malicioso (volte para a etapa 3).

      Veja como remover o acesso de administrador de aplicativo maligno ou falso.
    • Etapa 5: Reiniciar o smartphone

      Reiniciar o seu smartphone Android agora deve corrigir o seu problema de malware.

    2. Apague o cache e os downloads

    Alguns tipos de malware para Android, como adware, podem se esconder no navegador. Se você estiver vendo muitos anúncios pop-up ou sendo redirecionado para sites diferentes dos que originalmente pretendia visitar, é hora de limpar o Chrome para remover malware. Veja como apagar o cache no Android:

    • Etapa 1: Abra Configurações e toque em Apps. Depois, localize o Chrome.

      Abrindo as configurações e localizando o Chrome no Android 11.

    • Etapa 2: Selecione Armazenamento e cache. Toque em Limpar cache para apagá-lo automaticamente. Depois, toque em Limpar armazenamento.

      Limpando o armazenamento do Google Chrome para remover malware do Android.
    • Etapa 3: Toque em Apagar todos os dados e depois confirme a opção na janela pop-up.

      Excluindo dados de aplicativos do Google Chrome no Android 11 para remover malware.

    3. Limpe o Android

    Se nenhuma das etapas acima funcionar, você pode desconectar e começar do zero: redefinindo o smartphone para as configurações padrão de fábrica. Este é o último recurso: antes de reiniciar o smartphone, tente usar um aplicativo de remoção de vírus para Android. Caso contrário, veja como redefinir o smartphone para configurações de fábrica:

    • Etapa 1: Abra Configurações e toque em Sistema. Em seguida, toque em Opções de redefinição.

      Abrindo as opções de redefinição nas Configurações do Android 11.
    • Etapa 2: Escolha Apagar todos os dados (redefinição de fábrica) e toque em Apagar todos os dados. Confirme pela janela pop-up e reinicie o smartphone.

      Redefinição de fábrica no Android 11 para se livrar do malware.
    • Etapa 3: Restaure seu smartphone. 

      Se tiver um backup disponível, você poderá restaurar seus dados no smartphone. Você precisa restaurar de um backup que foi feito antes de o smartphone começar a agir estranhamente, caso contrário, há o risco de reinstalar o malware do Android.

    4. Mantenha seu dispositivo Android protegido

    Em vez de seguir todas as etapas descritas acima, você pode remover o malware do Android de forma rápida e fácil com uma ferramenta de remoção de vírus para Android . Escolha um aplicativo limpador de smartphone de um provedor confiável, porque alguns aplicativos são, na verdade, malware disfarçado. Milhões de pessoas confiam na AVG e em nosso antivírus Android dedicado.

    Veja como usar o AVG AntiVirus para procurar e remover facilmente malware no Android:

    Como remover um vírus de um iPhone

    A remoção do vírus do iPhone é bastante simples, uma vez que não existem vírus de iPhone e malwares normalmente não conseguem invadir o iOS. Em vez disso, os hackers usam kits de desenvolvedor de software (SDKs) para criar aplicativos que podem infectar seu iPhone. Se você fizer o jailbreak do seu iPhone ou iPad para instalar aplicativos de fora da App Store oficial, poderá instalar acidentalmente um desses aplicativos infectados por malware no seu dispositivo.

    Se você acha que um determinado aplicativo pode ser malicioso, tente desinstalá-lo e ver se isso resolve o problema. 

    Se não, você tem algumas outras opções. Embora nenhuma das dicas a seguir envolva a execução de uma verificação de vírus no iPhone (já que iPhones não pegam vírus), eles ajudarão a descobrir se seu iPhone ou iPad tem um problema semelhante a vírus que precisa ser limpo.

    Veja como se livrar de vírus no iPhone:

    1. Limpar o histórico e os dados

    Isso deve ajudar se você estiver recebendo pop-ups ou mensagens de “Erro” no navegador Safari. Limpar o histórico e os dados removerá todas as infecções semelhantes a adware. Basta acessar os Ajustes e navegar até a guia Safari. Em seguida, toque em Limpar histórico e dados do site.

    Limpe o histórico e dados de site do Safari para livrar-se de pop-ups irritantes ou mensagens de erro.

    2. Desligar e reiniciar o iPhone

    É simples, basta pressionar o botão de energia do iPhone, esperar que o controle deslize para desligar seja exibido e deslizar para desligá-lo. Para reiniciar o smartphone, mantenha pressionado o botão de energia mais uma vez e aguarde até que o logotipo da Apple apareça. Sim, estamos sugerindo o bom e velho truque de “desligar e voltar a ligar”. Confie, muitas vezes, isso funciona!

    Reiniciar seu iPhone pode solucionar muitos problemas.

    3. Restaurar um backup anterior

    Se os métodos acima não resolverem o problema, tente restaurar seu iPhone ou iPad de um backup anterior. Se o seu backup mais recente não estiver livre de malware, você poderá tentar backups anteriores até encontrar um que esteja.

    4. Restaurar as configurações de fábrica do dispositivo

    Como último recurso, se tudo mais falhar, você pode limpar completamente o seu dispositivo e começar do zero. Veja como apagar e restaurar seu iPhone ou iPad:

    • Etapa 1: Abra Configurações e selecione Geral. Em seguida, toque em Reiniciar.

      Para restaurar seu iOS como um dispositivo novo, primeiro vá aos ajustes e selecione “geral” e depois “reiniciar”.
    • Etapa 2: Selecione Apagar todo o conteúdo e configurações.

      No menu “Redefinir”, selecione “Apagar todos os ajustes”.E assim, você pode renascer das cinzas como uma fênix.

    5. Sempre mantenha seu iOS protegido

    Não recomendamos fazer o jailbreak do iPhone. Aplicativos baixados de fontes não oficiais podem colocar seu dispositivo em risco. Use apenas a App Store para evitar infectar seu iPhone. E por falar em aplicativos na App Store...

    Por que não baixar um app exclusivo para segurança de iPhone para se proteger? Mesmo que seja bastante improvável que seu iPhone venha a ser contaminado por um vírus, há muitas outras ameaças por aí. O AVG Mobile Security para iPhone e iPad garantirá que as senhas permaneçam seguras, a rede Wi-Fi esteja protegida e as fotos privadas permaneçam confidenciais, mesmo se o smartphone cair nas mãos erradas.

    O AVG Mobile Security verifica redes de Wi-Fi para garantir que são seguras e o Cofre de Fotos bloqueia e protege as fotos privadas.É fácil proteger a rede Wi-Fi e arquivos pessoais com o AVG Mobile Security.

    Tudo pronto para aumentar sua segurança um pouco mais? Instale o AVG Mobile Security para iOS e comece a desfrutar da proteção abrangente e gratuita para o seu iPhone ou iPad hoje mesmo.

    Smartphones Android são infectados por vírus?

    Não, os smartphones Android não podem pegar vírus no sentido tradicional. Mas dispositivos Android são vulneráveis a outros tipos de malware que podem causar ainda mais caos no smartphone. De adware malicioso que assola o dispositivo com anúncios intermináveis a aplicativos de espionagem furtivos, as ameaças do Android são abundantes.

    Ao contrário dos vírus de computador que fazem cópias de si mesmos, o malware Android não consegue se replicar. Em vez disso, muitas vezes, o malware para Android infecta dispositivos como aplicativos maliciosos e falsos, que se infiltram no Google Play ou se escondem em lojas de aplicativos de terceiros. Os dispositivos Android podem até ser infectados com ransomware móvel, que mantém seus arquivos como reféns e exige um resgate para recuperá-los.

    Um dos motivos que tornam smartphones Android suscetíveis a malwares é o problema deles com as atualizações. As atualizações são importantes porque geralmente contêm correções de segurança importantes a bugs ou vulnerabilidades encontradas no sistema operacional. 

    O sistema de código aberto do Android e o lançamento atrasado de atualizações são os dois motivos principais pelos quais você sempre deve usar uma solução forte de antivírus para Android, como uma camada adicional de proteção. Proteja seu telefone agora mesmo com o AVG AntiVirus para Android, o aplicativo antimalware gratuito em que mais de 400 milhões de usuários de todo o mundo confiam.

    iPhones são infectados por vírus?

    Não. Não existem vírus de iPhone. Embora os iPhones sejam menos vulneráveis a malware do que os Androids, existem outras ameaças de segurança contra as quais você deve se proteger. Ataques de phishing e redes Wi-Fi inseguras são apenas duas das várias ameaças que podem afetar o iPhone ou iPad.

    O que mantém o iOS mais seguro? Ao contrário do Android, os aplicativos para iPhone e iPad podem ser baixados apenas pela App Store oficial. Isso evita que aplicativos falsos infectem o iPhone com vírus ou outros softwares maliciosos.

    Embora não existam vírus para iPhone, existem outras ameaças de segurança contra as quais você deve se proteger.

    Aplicativos para iOS também são colocados estritamente em “sandboxes”, o que significa que eles não podem acessar dados de outros aplicativos ou invadir o sistema operacional do dispositivo. Além disso, o iOS lança as atualizações simultaneamente para todos os dispositivos, o que ajuda a fechar e corrigir brechas e vulnerabilidades de segurança. Assim, cibercriminosos não podem explorá-las.

    Mas com o jailbreak do iPhone, ele se tornará tão vulnerável a malware quanto um dispositivo Android. Se você baixar aplicativos de outras fontes que não a App Store, aumentará drasticamente a exposição a possíveis ameaças. Mas mesmo o jailbreak do smartphone, os usuários do iPhone ainda estão vulneráveis a outras ameaças de segurança que podem causar problemas sérios, como roubo de identidade.

    Por isso, recomendamos o uso de um aplicativo de proteção móvel robusto para iPhones e iPads. O Avast Mobile Security para iOS vai muito além da proteção antivírus ou malware, mantendo sempre sua segurança on-line com ferramentas gratuitas e inovadoras especialmente projetadas para iPhone e iPad.

    Como saber se seu smartphone tem um vírus (malware)

    Em muitos casos, o malware quer permanecer oculto no smartphone, por isso, é importante aprender como verificar se o smartphone tem um vírus. Felizmente, é bastante fácil verificar se há vírus no iPhone ou dispositivos Android. Veja os sinais mais comuns de presença de malware no smartphone.

    1. Pop-ups de adware

    A maioria dos anúncios pop-up é apenas irritante, e não mal-intencionada. E a maioria deles pode ser facilmente bloqueada com um bloqueador de anúncios ou navegador com privacidade otimizada como o AVG Secure Browser, que vem com um bloqueador de anúncios integrado.

    Mas, se você estiver vendo anúncios pop-up no seu Android ou iPhone mesmo quando o navegador está fechado, isso pode ser um adware, que é um tipo de malware que faz o spam de anúncios.

    2. Excesso de falhas nos aplicativos

    Muitos aplicativos travam periodicamente, mas se seus aplicativos começarem a travar muito e sem motivo aparente, seu smartphone pode estar infectado com malware.

    3. Aumento no uso de dados

    Se você observar um aumento súbito no uso de dados, isso pode ser sinal de que um malware está executando tarefas em segundo plano no dispositivo ou transmitindo informações do seu smartphone. (E falando nisso, descubra como controlar o uso de dados em smartphones).

    4. Aumento inesperado da conta de celular

    Algumas famílias de malware atacam enviando mensagens SMS de tarifa premium do seu smartphone, causando um grande aumento na sua conta de smartphone. Cavalos de Troia Ztorg foram detectados fazendo isso em 2017. Além disso, eles também excluíam mensagens recebidas.

    5. Seus amigos recebem mensagens de spam

    Alguns softwares maliciosos podem sequestrar seu serviço de mensagens e enviar spam para todos os seus contatos com links infectados. Se seus contatos disserem que receberam uma mensagem estranha das suas contas, investigue imediatamente.

    6. Aplicativos desconhecidos

    Se você perceber um aplicativo no seu smartphone que não se lembra de ter baixado, mantenha distância dele! Aplicativos falsos são um sintoma comum de malware em smartphones Android e devem ser desinstalados imediatamente. Um escaneador antimalware para smartphones cuidará disso com praticidade.

    7. Maior consumo de bateria

    Um malware pode consumir muita energia, o que pode esgotar rapidamente a bateria do seu dispositivo Android ou iPhone. Se a bateria está acabando mais rápido do que o normal, o culpado pode ser um malware.

    8. Superaquecimento

    Embora seu smartphone possa estar superaquecendo por motivos normais e relativamente inofensivos, isso também pode ser ocasionado por uma contaminação por malware.

    Fique imune contra vírus e malware

    Até mesmo o plano antimalware mais completo pode precisar da ajuda extra de especialistas. Instale o AVG AntiVirus para Android ou o AVG Mobile Security para iPhone e iPad, dois aplicativos gratuitos simples, mas incrivelmente poderosos, que protegerão contra as ameaças que surgirem.

    Como evitar malware para iOS e Android

    A melhor maneira de garantir que seu smartphone permaneça seguro é evitar totalmente malware. Siga estas práticas recomendadas digitais:

    • Baixe apps de fontes confiáveis. O Google e a Apple analisam aplicativos quanto à segurança antes de permitir que sejam disponibilizados em suas lojas. Evite lojas de aplicativos de terceiros e não faça o jailbreak em iPhones.

    • Verifique se os aplicativos são seguros. Apesar das precauções de segurança, às vezes, as lojas de aplicativos oficiais permitem que aplicativos maliciosos entrem. Isso significa que você deve sempre avaliar a segurança dos aplicativos antes de baixá-los. Revise o perfil do desenvolvedor, leia as análises dos usuários e verifique o total de downloads. Evite baixar programas de desenvolvedores novatos ou questionáveis.

    • Pesquise antes de instalar. Avaliações dos usuários são ótimas, mas você também pode ver o que os profissionais têm a dizer. Consulte análises de especialistas e avaliações independentes de qualquer novo aplicativo antes de instalar.

    • Mantenha seu smartphone atualizado. Os fornecedores de software costumam lançar atualizações para corrigir bugs e falhas de segurança. Sempre atualize o sistema operacional e os aplicativos do seu smartphone com a versão mais recente.

    • Não clique em links suspeitos. Links suspeitos em e-mails, SMSs ou redes sociais podem conter malware. Não clique em links que você não esperava receber.

    • Tenha cuidado em redes Wi-Fi públicas. Hackers podem interceptar facilmente o tráfego em redes Wi-Fi públicas inseguras. Evite atividades confidenciais em redes Wi-Fi públicas, a menos que você esteja usando uma VPN.

    • Use proteção de segurança cibernética Se usar um dispositivo Android ou iPhone, um aplicativo de segurança ajudará a te proteger contra malware, phishing e outras ameaças móveis.

    Cuidado com aplicativos mal-intencionados

    Uma das maneiras mais fáceis de saber se o seu smartphone contém um vírus ou outro malware é procurar por aplicativos maliciosos. A maneira mais fácil de um malware do Android entrar no seu dispositivo é baixando um aplicativo mal-intencionado. Uma vez instalado, ele pode comprometer rapidamente a sua segurança online.

    Um dos malwares de Android mais comuns nos últimos anos é o Hummingbad. Detectado pela primeira vez em 2016, o Hummingbad se espalhou por meio de lojas de aplicativos de terceiros e do Google Play Store. Ele enganou os usuários, fazendo-os clicar em anúncios falsos que geraram dinheiro para os invasores. O malware também instalou rootkits que deram aos hackers controle total sobre os dispositivos infectados. 

    Outros aplicativos falsos, como o jogo Finger Hockey para Android, causaram estragos semelhantes, roubando dados sigilosos dos jogadores. 

    Embora sejam mais raros, existem malwares para iOS. Em 2015, um tipo de malware para iOS conhecido como KeyRaider atacou dispositivos iOS com jailbroken. Ele roubou informações de mais de 225.000 contas da Apple, como nomes de usuário, senhas e informações de compra. O KeyRaider também criptografou alguns iPhones e iPads para exigir um resgate para desbloqueá-los.

    O que os aplicativos mal-intencionados fazem nos smartphones

    Acima estão apenas alguns exemplos de como o malware móvel pode invadir seu dispositivo. Outras formas de malware são conhecidas por:

    • Inscrever os smartphones em serviços premium ou enviar mensagens SMS premium.

    • Gravar suas conversas telefônicas e enviá-las para cibercriminosos.

    • Coletar suas informações pessoais, incluindo localização de GPS, listas de contatos, fotos, endereço de e-mail, detalhes bancários, etc.

    • Acumular gastos inesperados com o esgotamento do pacote de dados e cobranças indevidas de SMS ou aplicativos maliciosos.

    • Controlar seu dispositivo por meio de rooting.

    • Infectar com ransomware, para que você não tenha acesso aos seus arquivos.

    Então, antes de baixar qualquer novo aplicativo, é melhor verificar se são seguros. Alguns aplicativos podem estar limpos ao baixá-los, mas podem ser contaminados com malwares por meio de atualizações. Por isso, é importante ficar alerta.

    E a melhor maneira de fazer isso é instalar o AVG AntiVirus para Android ou o AVG Mobile Security para iPhone e iPad. Cada um desses aplicativos foi projetado e desenvolvido pelos maiores especialistas em segurança digital do mundo para garantir que as ameaças fiquem longe do seu dispositivo.

    Como remover um vírus de um tablet Android ou iPad

    Está lutando contra malware em seu tablet ou iPad? Com um limpador antimalware, você pode remover malware de um tablet tão facilmente quanto de um smartphone. Os tablets executam os mesmos sistemas operacionais dos smartphones, portanto, o processo de remoção de vírus é igual. Volte para as etapas para remover malware do Android para reparar seu tablet. Ou siga as etapas para remover um vírus do iPhone para cuidar do seu iPad.

    Lidando com um vírus ou malware no PC ou Mac? Veja nossas instruções detalhadas sobre como remover malware do computador.

    Proteja seu smartphone ou tablet da maneira fácil

    No mundo de hoje, usamos nossos smartphones constantemente. E eles contêm informações íntimas sobre nossa vida. Não deixe os hackers entrarem: coloque um muro forte ao redor do castelo do seu smartphone com um aplicativo útil. 

    Com nossa proteção de cibersegurança, você pode evitar adware, spyware, phishing, redes Wi-Fi inseguras e uma série de outras ameaças móveis. Baixe o AVG AntiVirus para Android ou o AVG Mobile Security para iPhone e iPad hoje mesmo para ter a proteção gratuita na qual milhões de pessoas em todo o mundo confiam todos os dias.

    Proteja seu Android contra vírus e malware com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita

    Proteja seu iPhone contra malware e outras ameaças com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita