163397436277
Blog AVG Signal Segurança Ransomware Ransomware Cobalt Strike: o que é e como removê-lo
Signal-Cobalt-Strike-Ransomware-Hero

Escrito por Jennifer Dozsa-Day
Publicado em February 16, 2024

O que é Cobalt Strike?

O Cobalt Strike é comercializado como um software de teste de intrusão ou emulador de ameaças desenvolvido originalmente para a comunidade de segurança simular ataques cibernéticos e descobrir vulnerabilidades. Embora as organizações usem o Cobalt Strike para evitar malware, os criminosos cibernéticos o roubam e usam regularmente como uma ferramenta real de invasão.

Este artigo contém :

    Uma parte importante do Cobalt Strike é o Beacon, um pedaço do software que é injetado no computador-alvo para criar um canal de comunicação secreto que permite que o servidor do Cobalt Strike (controlado pelo hacker) envie comandos para o Beacon. Os possíveis comandos incluem os registradores do teclado, a invasão da webcam e a instalação de ransomware ou outro malware no computador. Por sua vez, o Beacon é capaz de transmitir os dados roubados de volta para o servidor.

    O Cobalt Strike Beacon também consegue fazer o reconhecimento, o que significa que ele verifica o alvo para identificar o tipo e a versão do software em uso. O objetivo é encontrar qualquer software com vulnerabilidades que pode ser explorado com facilidade, o que é muito útil para diferentes tipos de invasores que tentam obter acesso não autorizado ao sistema.

    Esses recursos do Cobalt Strike permitem que organizações simulem uma invasão secreta em suas redes por muito tempo, uma técnica conhecida como ameaça persistente avançada (Advanced Persistent Threat, APT). Ao descobrir quais tipos de ataque poderiam ser realizados por esse invasor “silencioso”, a organização descobre os pontos que precisam ser fortalecidos em sua rede.

    Uma grande diferença entre o Cobalt Strike e o Metasploit, outra ferramenta emuladora de ameaças, é que você precisa comprar uma licença do desenvolvedor do Cobalt Strike, a HelpSystems, enquanto o Metasploit é um software gratuito de código aberto.

    Como os invasores usam o Cobalt Strike?

    Hackers sofisticados encontraram formas de decifrar a chave de licença do Cobalt Strike e usá-la para se infiltrar em computadores como se fossem um software legítimo para roubar dinheiro e dados. Depois que um criminoso cibernético instala o Cobalt Strike no dispositivo-alvo, ele consegue avaliar as vulnerabilidades, descarregar ransomware e executar outros comandos por meio do canal de comunicação secreto do Beacon.

    Veja abaixo o passo a passo de como os hackers usam o Cobalt Strike para procurar vulnerabilidades específicas para explorar:

    1. Um hacker compra ou rouba o software Cobalt Strike vazado, modificado ou pirateado.

    2. Ele inicia o download do Cobalt Strike enganando o alvo a clicar em um link de phishing ou por meio de várias outras técnicas de invasão.

    3. Depois da instalação, o hacker inicia o Beacon para procurar e identificar vulnerabilidades no computador-alvo.

    4. Quando um vetor de ataque é descoberto, o Cobalt Strike Beacon é usado para ganhar acesso remoto ao dispositivo e baixar ransomware ou outro malware.

    5. O Beacon envia secretamente os dados roubados para o servidor Cobalt Strike.

    Ilustração de como o ransomware Cobalt Strike é usado por hackers.Os hackers usam o Cobalt Strike para obter acesso remoto ao dispositivo para instalar malware e roubar dados.

    Quem pode ser vítima de um ataque Cobalt Strike?

    Qualquer pessoa corre o risco de sofrer um ataque do Cobalt Strike, mas os hackers tendem a focar indivíduos ricos ou grandes organizações usando táticas de spear phishing. Isso ocorre porque o malware entregue através do Cobalt Strike Beacon, também chamado de ransomware Cobalt Strike, malware Cobalt Strike ou malware Beacon, geralmente é usado para extrair dinheiro ou roubar dados.

    Felizmente, existem maneiras de se proteger contra ataques do Cobalt Strike, principalmente mantendo todo o seu software atualizado para reduzir vulnerabilidades.

    Como identificar o Cobalt Strike na sua rede

    O que torna os ataques baseados no Cobalt Strike tão prejudiciais é que eles são difíceis de detectar, mesmo por especialistas. Embora os especialistas em segurança cibernética possam usar análises complexas para detectar o Cobalt Strike em sua rede, a pessoa comum provavelmente não teria como saber se o Cobalt Strike Beacon infectou seu sistema.

    Sendo assim, sempre preste atenção a sinais de que seu computador foi invadido, incluindo mensagens de software antivírus falso, padrões incomuns de tráfego na rede e barras de ferramentas de navegador desconhecidas. Mas no final das contas, o melhor é impedir que os hackers sequer entrem em sua rede.

    Um exemplo de aviso falso de vírus que pode estar infectado com malware.

    Como evitar a instalação de malware

    Como normalmente acontece na segurança cibernética, a prevenção é o melhor remédio. Quer o malware venha do Cobalt Strike ou de outra fonte, veja o que você pode fazer para evitar a instalação de malware em seu computador:

    • Use um software antivírus potente. Adquira uma proteção contra ransomware ou uma ferramenta de remoção de malware e vírus para ajudar a identificar e remover malware e ajudar a evitar que novas ameaças infectem seu dispositivo.

    • Mantenha seu dispositivo atualizado. Sempre atualize seus drivers e softwares para ajudar a corrigir vulnerabilidades conhecidas.

    • Use uma verificação adicional. Adicione uma segunda camada de proteção para suas senhas com a autenticação de dois fatores para dificultar a invasão de hackers em suas contas.

    • Confie no seu instinto. Quando algo parece estranho em um e-mail, como um endereço de e-mail esquisito, ortografia ou formatação diferentes ou um pedido para clicar em um link ou baixar um arquivo zip, confie no seu instinto, porque pode ser uma tentativa de phishing.

    • Use um bloqueador de anúncios automático. O malware pode estar escondido em anúncios, conhecido como malvertising. A forma mais fácil de impedir essa ameaça é bloquear anúncios com um bloqueador de anúncios ou com um navegador que tenha um bloqueador de anúncios integrado.

    • Não pague o resgate. O ransomware pode custar muito caro se você pagar o resgate, e não existe garantia de que o hacker liberará os arquivos ou removerá qualquer outro código prejudicial que ele tenha implantado.

    Identifique ameaças de ransomware com antecedência com o AVG

    Independentemente do seu nível de cuidado, hackers engenhosos ainda conseguem infiltrar malware pelas frestas. Mas você pode ter tranquilidade com a proteção ininterrupta do AVG AntiVirus FREE.

    Nosso poderoso software de segurança fornece atualizações em tempo real e seis camadas de segurança para ajudar a detectar e bloquear vírus, malware e ransomware antes que se tornem um problema. Ajude a proteger seus dispositivos hoje mesmo, totalmente grátis.

    Bloqueie ransomwares e outras ameaças com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita

    Proteja seu iPhone contra ransomwares com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita
    Ransomware
    Segurança
    Jennifer Dozsa-Day
    16-02-2024