Blog AVG Signal Segurança Vírus O que é um vírus de macro e como removê-lo?
Signal-What-is-a-macro-virus-and-how-to-remove-it--Hero

O que é um vírus de macro?

Um vírus de macro é um tipo de vírus de computador geralmente escrito em Visual Basic, a linguagem de programação usada pelo Microsoft Word e Excel. Macro significa macroinstruction, um grupo de comandos de programação que são executados automaticamente sempre que um arquivo é aberto ou quando você executa uma ação especificada.

Este artigo contém:

    Na maioria dos casos, as macros são úteis. Ao executar automaticamente um determinado procedimento, as macros simplificam processos complexos e tornam as coisas mais convenientes. Uma macro simples do Microsoft Word pode inserir uma tabela. No Excel, as pessoas usam macros para realizar cálculos e preencher automaticamente planilhas.

    Um vírus de macro se aproveita desse sistema automatizado, disfarçando-se como uma macro normal. Quando você abre um arquivo infectado com um vírus de macro, o software executa a macro maliciosa como se fosse uma macro normal. Junto com ransomware, spyware e outros tipos de malware, o vírus de macro — especialmente vírus do MS Office — podem ameaçar gravemente você ou sua organização.

    Como funciona um vírus de macro?

    Um vírus de macro funciona usando a linguagem de programação de uma macro para enganar um programa e fazer com que ele seja executado. Se você abrir um documento infectado com um vírus do Microsoft Word e se as macros estiverem habilitadas em seu computador, o Word executará a macro maliciosa como faria com qualquer outra, mas com consequências potencialmente prejudiciais.

    Como funcionam em programas, não em sistemas operacionais, os vírus de macros podem afetar PCs e Macs. Se você tiver o programa direcionado em seu computador, o vírus pode infectá-lo. 

    Os vírus de macro são semelhantes aos cavalos de Troia, pois enganam as vítimas para que os instalem. Mas, ao contrário dos cavalos de Troia, eles podem se autorreplicar e se espalhar para outras vítimas, uma vez ativados.

    Como os vírus de macro se espalham?

    Muitos vírus de macro se espalham como anexos de e-mail infectados, enquanto outros se espalham pelas redes, por meio de downloads infectados ou por meio de mídia física, como unidades flash USB. Veja algumas maneiras comuns de obter um vírus de macro em seu dispositivo:

    • Abrir um anexo infectado, como de um e-mail de phishing.

    • Baixando arquivos infectados de uma rede.

    • Baixando um arquivo infectado de um site pharming malicioso ou serviço de compartilhamento de arquivos P2P.

    • Inserindo mídia física, como uma unidade flash ou CD, que contém um arquivo infectado.

    É por isso que é importante nunca abrir anexos de e-mail que você recebe de pessoas que não conhece ou não confia.

    Quais são os programas mais afetados por vírus de macro?

    Qualquer programa amplamente usado que usa macros será particularmente vulnerável a vírus de macro. Programas populares que usam macros intensamente incluem Microsoft Word, Excel, PowerPoint e outros aplicativos do pacote Microsoft Office.

    Os aplicativos do pacote do Microsoft Office são particularmente vulneráveis a vírus de macro.

    Microsoft Word, Excel e PowerPoint são particularmente vulneráveis a vírus de macro.

    O que os vírus de macro podem fazer?

    Depois que um vírus de macro é executado em seu computador, ele pode entregar sua carga, a parte do código que realiza o ataque. Como os vírus de macro são criados com as mesmas linguagens de macro que seu software usa, eles podem afetar aplicativos e também arquivos.

    Os vírus de macro podem:

    • Infectar outros arquivos.

    • Fazer alterações indesejadas em seus arquivos, como excluir ou alterar conteúdo e adicionar imagens.

    • Criar novos arquivos.

    • Corromper arquivos e outros dados.

    • Enviar arquivos e e-mails para outras pessoas — é assim que eles se espalham de uma vítima para a outra.

    • Reformatar sua unidade.

    • Infectar seu computador com malware adicional.

    Sinais de que seu dispositivo pode estar infectado por vírus de macro

    Os vírus de macro podem tornar seu computador lento, alterar ou destruir arquivos e mudar o comportamento do seu dispositivo. Veja como saber se há um vírus de macro em seu computador.

    • Seu computador de repente fica muito mais lento do que o normal — isso pode acontecer quando o vírus se copia continuamente.

    • Os arquivos são protegidos por senha quando antes não eram, e você não configurou a proteção por senha sozinho.

    • Você está percebendo alterações inexplicáveis em seus arquivos.

    • Alguns arquivos desaparecem.

    • Seus contatos relatam ter recebido e-mails estranhos de você.

    • As opções do menu mudaram nos programas que você usa.

    • Você começa a notar mensagens de erro estranhas ao abrir ou trabalhar com certos arquivos.

    Qualquer um desses sintomas pode indicar a presença de malware. O AVG AntiVirus FREE monitora seu computador em tempo real para detectar e remover vírus de macro e outros malwares. E usa tecnologia avançada de detecção de ameaças para evitar infecções por malware antes que elas aconteçam.

    Vírus de macro de exemplo

    A história dos vírus de computador é longa. Os vírus de macro são uma ameaça relativamente antiga, mas isso não significa que eles estão mortos. Na verdade, é exatamente o oposto — ciberataques e outros hackers ainda usam vírus de macro para atingir o software de hoje. Aqui estão três exemplos notáveis de vírus de macro.

    O Vírus Melissa (1999)

    O Vírus Melissa ganhou as manchetes globais em 1999 como um vírus de e-mail de rápida disseminação voltado para o Microsoft Word e o Microsoft Outlook. O ataque começou quando seu criador postou uma lista, supostamente contendo senhas para vários sites adultos, em uma comunidade online. Quando as vítimas baixaram e abriram o arquivo no Word, elas acionaram o vírus.

    As macros do Vírus Melissa fizeram com que o Microsoft Outlook enviasse em massa a lista de infectados para os primeiros 50 contatos na lista de endereços da vítima. Quando essas pessoas abriram o arquivo, o vírus infectou seus computadores e o ciclo se repetiu — causando danos estimados em US $ 80 milhões.

    Hancitor/Chanitor (2014–2017)

    O Hancitor, também conhecido como Chanitor, é outro vírus de macro que se espalha por meio de documentos Word e e-mails infectados. Enquanto as campanhas iniciais do Hancitor faziam as vítimas clicar em links incorporados que abriam documentos do Word com macros maliciosas, as campanhas subsequentes do Hancitor enviaram e-mails com documentos infectados anexados.

    Hancitor é um downloader de malware que instala malware adicional no seu computador. Muitas campanhas do Hancitor focaram em roubo de dados ou instalação de ransomware, e o Hancitor ainda estava em uso até 2017.

    Primeiro vírus de macro macOS conhecido (2017)

    Embora não tenha tido muito tempo para causar danos em todo o mundo, o primeiro vírus de macro específico do macOS foi descoberto por pesquisadores de segurança em 2017 — indicando que os Macs pegam vírus, mesmo que não sejam tão comuns quanto os vírus do Windows.

    Incorporada em um documento do Word, a macro sem nome contatou automaticamente um servidor remoto para baixar e instalar uma carga nos computadores das vítimas. Mas, como o servidor não estava mais ativo quando os pesquisadores descobriram o vírus, não há como saber qual poderia ter sido a carga — embora o código usado na macro tenha sido retirado de um kit de exploração do macOS frequentemente usado para espionagem e roubo de dados.

    Como remover um vírus de macro

    Como outros vírus, os vírus de macro podem ser removidos usando uma ferramenta antivírus dedicada. O software de segurança cibernética como o AVG AntiVirus FREE não apenas removerá vírus e outros malwares do seu computador, mas também impedirá que macros maliciosas baixem malware em seu computador.

    Veja como remover um vírus de macro de seu PC:

    Etapa 1: Reinicie o computador no Modo de segurança


    1. Abra o menu Iniciar e clique no ícone de energia enquanto pressiona a tecla Shift

    2. Escolha Reiniciar nas opções.

    3. Seu computador será reiniciado no modo de solução de problemas. Escolha as seguintes opções: Solucionar problemas > Opções avançadas > Configurações de inicialização > Reiniciar.

      As configurações de inicialização para solucionar problemas no Windows 10
    4. Na próxima tela, pressione 4 para reiniciar o computador no modo de segurança. Isso evita que qualquer aplicativo não essencial seja executado, como o programa que ativou o vírus de macro.

    Etapa 2: Execute um escaneamento antivírus


    1. Abra o AVG AntiVirus FREE e clique em Executar escaneamento inteligente para verificar o seu PC e remover malware.

      Executando um escaneamento inteligente com AVG AntiVirus FREE para Windows 10
    2. Se o AVG AntiVirus FREE encontrar algum malware, ele iniciará o processo de remoção. Exceto por isso, você está pronto.

    Isso é tudo. Remover um vírus ou malware do seu computador é simples quando você tem uma ferramenta antivírus robusta.

    Qual é a diferença entre um vírus de programa e um vírus de macro?

    A maioria dos vírus de computador padrão é escrita em linguagens de codificação simples, como C, e geralmente tem como alvo o sistema operacional do seu computador. Muitos vírus atacam a camada de inicialização, que governa o processo de inicialização do computador, permitindo que sejam ativados toda vez que você liga o PC. 

    Em contraste, os vírus de macro usam linguagens de programação avançadas para cooptar a funcionalidade de macro encontrada no Microsoft Word, Excel, PowerPoint e programas semelhantes. Embora os vírus de macro visem programas específicos, uma vez que a macro é executada, os efeitos do vírus podem ser em todo o sistema — especialmente se o vírus de macro baixar malware adicional.

    Como escanear vírus de macro

    Se estiver percebendo um comportamento estranho em seus programas, arquivos ou configurações, um rápido escaneamento de vírus permitirá que você saiba se algo está errado. Quando você usa uma ferramenta de remoção antivírus especializada, escanear vírus de macro é o mesmo que escanear qualquer outro tipo de malware e programa potencialmente indesejado (PUP). O mesmo se aplica à remoção de malware do seu telefone — é mais seguro e mais fácil deixar que os especialistas lidem com isso.

    O AVG AntiVirus FREE escaneia seu PC em tempo real para detectar e bloquear malware, incluindo vírus de macro, antes que eles infectem seu computador. Se você já tiver malware em seu computador ao instalar nosso antivírus, ele o detectará e removerá durante seu primeiro escaneamento.

    O AVG AntiVirus FREE escaneia seu PC em tempo real para detectar e remover micro vírus antes que eles infectem seu computador.

    Como evitar vírus de macro

    Como os vírus de macro se tornaram tão comuns, o Microsoft Office agora desabilita todas as macros por padrão. Se você abrir um arquivo com macros, receberá um alerta pop-up pedindo sua permissão para habilitar essas macros. Pense bem antes de fazer isso e nunca habilite macros em arquivos recebidos de fontes desconhecidas.

    Aqui estão outras maneiras de evitar que vírus de macro infectem seu computador:

    • Nunca abra anexos de e-mail que você não espera receber. Os vírus de macro podem forçar pessoas que você conhece a enviar e-mails para você, então não é suficiente abrir anexos apenas de pessoas em quem você confia.

    • Não clique em links em e-mails suspeitos, mesmo que sejam enviados por pessoas que você conhece. Podem ser e-mails de phishing acionados por um vírus de macro.

    • Use um serviço de e-mail com um bom filtro de spam. Filtrar e-mails de spam impedirá que você veja tantos e-mails de phishing quanto ​veria normalmente.

    • Manter macros desativadas. As macros podem ser úteis, mas mantenha-as desativadas por padrão. Use-as apenas com arquivos que você mesmo cria ou em quem confia.

    • Mais uma vez: nunca ative macros, a menos que tenha 100% de certeza de que o arquivo é seguro.

    • Sempre mantenha seus softwares atualizados. As atualizações de software geralmente incluem correções de segurança para evitar que o malware explore vulnerabilidades conhecidas.

    • Use uma ferramenta antivírus confiável. Se você usar uma das melhores soluções de software antivírus gratuitas disponíveis, detectará vírus de macro e outros malwares antes que eles infectem seu computador.

    Bloqueie vírus de macro problemáticos com o AVG AntiVirus FREE

    Um antivírus forte e confiável é a sua melhor defesa não apenas contra vírus de macro, mas também contra outros vírus e malware. Com o AVG AntiVirus FREE, você se beneficiará da proteção da maior rede de detecção de ameaças do mundo, de modo que estará protegido em tempo real contra qualquer malware que tente invadir seu computador. 

    O AVG AntiVirus FREE monitora seus dispositivos 24 horas por dia, 7 dias por semana, em busca de quaisquer vestígios de malware, detectando e removendo-os enquanto evita que futuras instâncias de malware infectem seu sistema.

    Bloqueie malwares e outras ameaças com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita

    Proteja seu iPhone contra ameaças com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita