Blog AVG Signal Segurança Vírus Os iPads podem pegar vírus? Tudo que você precisa saber
Signal-Can-iPads-Get-a-Virus-Hero

Os iPads podem pegar vírus?

É improvável que iPads peguem vírus porque o sistema operacional móvel da Apple é altamente compartimentado. Isso significa que os aplicativos são colocados em quarentena separados uns dos outros, e é muito improvável que as infecções se espalhem pelo sistema. Mas os iPads não são imunes a todas as ameaças cibernéticas, portanto, você precisa tomar medidas para proteger sua privacidade e segurança.

Este artigo contém:

    Embora seja improvável que seu iPad seja infectado por um vírus de computador no sentido clássico, se você suspeitar que precisa remover um vírus dele, talvez seja necessário limpar o sistema de arquivos com a exclusão do cache ou dos cookies. O que você acha que é um vírus provavelmente é apenas bagunça ou um aplicativo antigo e pesado.

    No entanto, é possível que queiram induzir você a divulgar informações importantes em qualquer dispositivo. Um exemplo disso é um aplicativo na App Store que pode se parecer com algo que você queira, mas que, na verdade, registra a senha digitada. Assim, quem desenvolveu o aplicativo pode conseguir seu e-mail e sua senha.

    A proliferação de telefones celulares e tablets significa que, eventualmente, um limpador de vírus será necessário para seu iPad. Por isso, confira como remover vírus de dispositivos móveis se você realmente precisar saber como limpar um vírus do seu iPad.

    Então, os iPads podem pegar vírus? Uma pergunta melhor seria: Que tipos de atividade maliciosa podem atingir um iPad? Vamos examinar maneiras específicas de malwares para iPad aparecerem.

    O que é malware para iPad?

    Malware para iPad foi desenvolvido para obter acesso ao dispositivo e interromper ou danificar a maneira como ele funciona ou roubar informações confidenciais. Normalmente, o malware em iPads aparecem como riscos de segurança, por exemplo, adware, spyware e aplicativos de phishing, que podem se parecer com aplicativos legítimos e seguros.

    A App Store da Apple tem um rigoroso processo de triagem antes que um aplicativo seja oferecido, mas os hackers estão sempre tentando encontrar novas maneiras de superá-lo. Portanto, você deve sempre prestar atenção a sinais de comportamento obscuro.

    Embora possa não ser necessário ter uma proteção contra vírus para seu iPad, você deve prestar atenção ao que toca e baixa para garantir que os aplicativos defeituosos fiquem longe do seu dispositivo. Da mesma forma, embora não exista um escaneamento de vírus verdadeiro para iPad, a manutenção completa do dispositivo é importante. Seu iPad pode não ter um vírus, mas pode ter malware, como o recente spyware Pegasus que infectou iPads e iPhones.

    Veja aqui os tipos mais comuns de malware para iPad:

    Ransomware

    Ransomware bloqueia o acesso do usuário ao dispositivo e exige um pagamento para que ele possa recuperá-lo. Mas, para ter uma ideia de como o problema do ransomware do iPad é complicado, considere o ataque Oleg Pliss.

    Em 2014, Oleg Pliss aproveitou um vazamento de senha do iCloud e bloqueou iPhones com o recurso Buscar Meu iPhone. Os usuários afetados foram solicitados a pagar um resgate para desbloquear os iPhones, ironicamente, para uma conta do PayPal que nem existia.

    Mas esse software não era sofisticado a ponto de evitar ser capturado por um escaneamento antivírus. Sobretudo, o ataque do ransomware Oleg Pliss foi um problema de segurança na nuvem ou até mesmo um problema de violação de dados. Apesar disso, os usuários de Mac devem saber como verificar se há ransomware para Mac.

    Prevenir é a melhor proteção. Em vez de precisar saber como remover o ransomware do seu iPhone ou iPad, a melhor maneira de lidar com o ransomware do iPad é adotar práticas que o ajudem a evitá-lo em primeiro lugar.

    Adware

    O adware bombardeia o computador com anúncios, e alguns deles podem induzir o usuário a acessar sites corrompidos ou inserir informações pessoais. Esses anúncios também podem assumir a forma de scareware, que exibe avisos falsos de vírus de iPad para induzir ao download de softwares duvidosos.

    Não há necessidade de realizar um escaneamento ou aprender a remover um vírus do seu iPad. Você geralmente pode resolver esse problema se limpar o cache, o que deve remover qualquer adware do Safari.

    A situação pode ser mais complicada se você fez o jailbreak do seu iPad, porque mexer no sistema operacional pode comprometer as vantagens de segurança do dispositivo.

    Spyware

    O spyware se incorpora ao seu dispositivo, buscando descobrir e coletar suas informações pessoais, que podem ser vendidas para anunciantes ou hackers. O spyware observa todas as suas atividades para aprender seus hábitos, inclusive registra o que você digita. Use um aplicativo de mensagens seguro para reduzir as chances de o spyware obter informações valiosas em suas comunicações privadas.

    Como você pode saber se seu iPad tem um vírus ou spyware? Spyware é o tipo de malware do iPad mais parecido como um vírus de computador. Isso reduzirá o desempenho do seu iPhone ou iPad à medida que rastreia e envia seus dados para terceiros.

    Para remover spyware de um iPhone, identifique e exclua aplicativos desconhecidos, limpe o histórico do navegador e mantenha a versão do iOS atualizada. Se você tiver um dispositivo Android, confira nosso guia para remover spyware de um Android.

    Phishing

    O phishing tenta atrair a vítima para que ela entregue as informações voluntariamente. O phisher arma a isca e espera pela vítima.

    Sempre verifique se um site é seguro antes de digitar a senha. Examine o URL e confira se o site é protegido por SSL. E leia o site para ver se o texto está correto. Muitos erros de digitação ou frases estranhas podem ser um sinal revelador de que você está em um site de phishing ou pharming. Se algo parece estranho, não digite seu e-mail ou senha.

    Evite aplicativos que parecem falsos ou cópias de outros. As principais empresas de mídia social confiáveis têm seus próprios aplicativos dedicados. Você só deve usar esses aplicativos ao fazer login nas redes sociais. Ao baixar qualquer aplicativo, verifique se ele é o oficial observando o logotipo, a descrição, o desenvolvedor e as avaliações.

    Um truque de hacking é se passar por um representante de uma organização confiável e pedir suas informações. Isso é chamado de spoofing e você deve prestar atenção. Quando foi a última vez que o Facebook enviou um e-mail sobre algo, pedindo informações? Empresas raramente fazem isso. Por isso, não acredite se alguém usar essa tática contra você.

    Spoofing de telefone acontece quando um número estranho liga para tentar obter informações. Às vezes, você pode identificar um spoofing de telefone se um número desconhecido ligar para você e o telefone tocar apenas uma vez. O chamador pode estar tentando fazer com que você ligue de volta para que ele possa cobrar pela chamada.

    Por fim, o spear phishing é a forma mais direta de phishing, porque usa detalhes sobre sua vida, uma notável tática de engenharia social, para te enganar. Se um irmão ou amigo supostamente começar a enviar mensagens e algo parecer estranho, você pode estar lidando com um ataque de spear phishing.

    Como manter seu iPad seguro

    A melhor maneira de manter seu iPad seguro é aproveitar os recursos de segurança integrados e limpar regularmente o cache. Use o Face ID, defina uma senha forte e mantenha em segredo seu Apple ID. Veja mais maneiras de se proteger contra vírus, malware e outros riscos de segurança do iPad.

    Atualizar seu software

    Atualizar o iPad o torna o mais seguro possível, porque as atualizações geralmente solucionam falhas de segurança conhecidas. Veja como atualizar a versão do software do seu iPad.

    1. Abra os Ajustes do dispositivo.

      Ajustes gerais do dispositivo iPad, onde você pode instalar atualizações de software.
    2. Selecione Geral e depois toque em Atualização de software.

      A tela de atualização de software nos ajustes do iPad. Toque em “Baixar uma instalação” para atualizar a versão do software do iPad.
    3. Toque em Baixar e instalar.

    Depois de alguns minutos, o software do seu iPad será atualizado.

    Usar senhas fortes

    Criar senhas fortes é crucial para frustrar hackers e impedir que vazamentos de dados prejudiquem você. Os hackers podem usar software de força bruta e outras técnicas de quebra de senhas para experimentar muitas variações de senhas comuns. Use senhas longas e exclusivas para todas as suas contas, pois até mesmo o melhor software de hacking levaria séculos para quebrar as senhas mais seguras. E use um gerenciador de senha para gerenciar todas elas.

    Não faça o jailbreak

    Fazer o jailbreak significa modificar o software do iPad para que ele funcione de maneira diferente do que a Apple pretendia. Isso nunca é recomendado, pois compromete os recursos de segurança integrados do iOS. Se você fizer o jailbreak, o sistema de arquivos do seu iPad se tornará mais interconectado e acessível, tornando-o mais vulnerável a ataques.

    O jailbreak do iPad também pode criar outros riscos de segurança, como código malicioso em um navegador que pode acessar seu aplicativo bancário. Ele também pode causar uma falha irrecuperável no seu iPad, o que fará com que ele nunca mais ligue.

    Ativar o Buscar Meu iPad

    Buscar Meu iPad é um recurso que usa os Serviços de Localização para ajudar a localizar um iPad perdido. Você também pode usar o Buscar Meu iPad para bloquear o dispositivo se achar que ele foi roubado. Isso impedirá que o ladrão acesse o dispositivo.

    Veja como ativar o Buscar Meu iPad.

    1. Abra os Ajustes do dispositivo, toque no seu nome na seção superior esquerda e selecione Buscar.

      Abra os ajustes o iPad, toque no seu nome de usuário e selecione Buscar para abrir os ajustes de Buscar Meu iPad.
    2. Toque em Buscar Meu iPad.

      Selecione Buscar Meu iPad para permitir que seu iPad apareça no mapa Buscar.
    3. Ative Buscar Meu iPad (o botão fica verde).

      O botão Buscar Meu iPad nos ajustes do iPad.

    Buscar Meu iPad está agora ativado. Você pode ter escapado de uma boa dor de cabeça.

    Proteger o iPad com uma tela de bloqueio

    Adicionar uma tela de bloqueio segura faz com que o iPad exija uma senha toda vez que for usado. Isso desencoraja os ladrões de tentar acessar seus dados se eles roubarem seu iPad.

    Veja como proteger o iPad com uma tela de bloqueio.

    1. Abra Ajustes do dispositivo, toque em Touch ID e Face ID e Código e selecione Exigir Código.

      Ajustes de Face ID e Código no iPad. Selecione “Exigir Código”.
    2. Selecione Imediatamente (esta é a única opção se você tiver o Touch ID ativado). Agora, o iPad exigirá o código toda vez que for desbloqueado.

      Ajustes de exigência de código no iPad, sendo Imediatamente a única opção disponível.
    3. Você também pode alterar a senha para algo mais seguro. Em Face ID e Código, toque em Alterar Código. Você pode tocar em Opções de Código para ver opções mais seguras. Alfanumérico personalizado tornará seu iPad impenetrável. Anote o novo código em algum lugar para não se esquecer dele.

      Opções mostradas quando “Alterar Código” é escolhido nas opções Face ID e Código no iPad. Uma das opções é “código alfanumérico personalizado”.

    Uma tela de bloqueio é uma excelente maneira de manter o iPad seguro.

    Você também deve desligar a Siri, pois ela pode ser usada para desbloquear o iPad ou acessar informações. Em Ajustes, toque em Siri e Busca. Em seguida, desative “Ouvir ‘E aí Siri’” e “Pressionar Início para Siri”.

    Fazer backups regulares

    Faça backup para não perder dados do seu iPad. Mesmo que seu iPad quebre ou seja perdido, você poderá restaurar os dados em um novo.

    Veja como agendar backups regulares no seu iPad.

    1. Abra os Ajustes do dispositivo. Em seu nome, toque em iPad sem back up. Toque em Configurações de backup.

      Toque em “iPad sem back up”, depois em “Ajustes de backup”, o que permite restaurar os ajustes em um novo dispositivo.
    2. Toque em Backup do iCloud. Você pode precisar pagar por algum armazenamento do iCloud para que isso funcione e, com certeza, precisará se conectar à rede Wi-Fi para que o backup continue.

      Os ajustes de backup no iPad são mostradas. O backup do iCloud e “Fazer backup agora” são exibidos.

    Você acabou de evitar que suas informações fossem perdidas para sempre fazendo backup dos dados do seu iPad no iCloud.

    Usar software de segurança para iPad

    Embora todos os itens acima tornem seu iPad seguro, você não pode saber quais vírus ou malwares para iPad serão desenvolvidos no futuro. Em breve, você pode precisar saber como remover um vírus do seu iPad. Para evitar isso e fortalecer a segurança da internet do iPad antes que um ataque aconteça, obtenha um aplicativo de segurança para iPhone, um aplicativo de segurança móvel confiável no seu iPad garantirá que seus dados permaneçam seguros.

    Se seu computador for infectado, confira nosso guia para se livrar de um vírus como em um computador.

    Proteger o iPad contra ataques futuros

    Embora os iPads venham com recursos de segurança fortes e integrados, um software de segurança especializado e confiável tornará seu iPad verdadeiramente robusto.

    O AVG AntiVirus FREE é um dos antivírus mais confiáveis no mercado. Ele detecta e bloqueia malware, spyware e ransomware em qualquer dispositivo. Ele analisará automaticamente a rede Wi-Fi para bloquear sites e downloads maliciosos e manter seu dispositivo altamente seguro. Obtenha a segurança cibernética líder do setor hoje mesmo e mantenha as ameaças online longe do seu iPad.

    Tenha proteção contra malwares em tempo real com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita

    Tenha uma segurança potente no seu iPhone ou iPad com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita