157426659094
Blog AVG Signal Segurança Dicas O que é um honeypot? Explicação das armadilhas de segurança cibernética
Signal-What-Is-a-Honeypot-Hero

Escrito por Emily Nemchick
Publicado em January 9, 2024

O que é uma armadilha de honeypot?

Uma armadilha de honeypot é um sistema de chamariz intencionalmente comprometido, configurado para atrair hackers e outros cibercriminosos para um ambiente controlado para ajudar os profissionais de segurança cibernética a ver como eles agem. Na computação, os honeypots usam redes falsas e dados forjados como isca para atrair hackers. Em seguida, os especialistas em segurança cibernética monitoram os ataques para obter informações sobre como os invasores cibernéticos acessam e exploram os dados online.

Este artigo contém:

    Ao enganar os hackers em um honeypot, os especialistas podem identificar ameaças, coletar informações sobre métodos de hacking e desenvolver políticas e infraestrutura de segurança mais eficazes. As armadilhas de honeypot têm o benefício adicional de desviar o tempo e o esforço dos hackers da tentativa de explorar sistemas e redes reais.

    Por que os honeypots são usados na segurança cibernética?

    O principal objetivo de um honeypot na segurança cibernética é monitorar e analisar ataques para melhorar a proteção contra tentativas de hacking. Um honeypot captura informações do hacker, que podem ser usadas para analisar o método de ataque, ver como o invasor não autorizado interage com uma rede e ajudar os profissionais de segurança cibernética a identificar vulnerabilidades em seus sistemas.

    Embora a natureza e a finalidade específicas dos honeypots variem, eles geralmente se enquadram em duas categorias principais:

    • Os honeypots de produção são usados como uma defesa ativa por grandes organizações como um chamariz, afastando os hackers da rede principal. As organizações usam os dados coletados dessa invasão "controlada" para eliminar quaisquer pontos fracos em suas defesas e proteger melhor sua rede real contra tentativas de invasão.

    • Os honeypots de pesquisa são armadilhas complexas geralmente usadas por governos ou grandes organizações de segurança cibernética para rastrear o desenvolvimento de ameaças persistentes avançadas e ficar por dentro da evolução das técnicas de hacking.

    Como funciona um honeypot?

    Um honeypot funciona isolando dados falsos ou outros ativos digitais em um sistema ou ambiente intencionalmente comprometido, separado da rede real de uma organização. Os especialistas em segurança cibernética podem, então, monitorar todo o tráfego não autorizado para o honeypot e aprender sobre as táticas dos hackers em um ambiente controlado, mantendo a rede principal segura.

    Ao configurar um honeypot, além de prepará-lo para ser um alvo irresistível para diferentes tipos de hackers, os analistas também costumam plantar dados que podem ser facilmente rastreados, o que lhes permite monitorar violações de dados, geralmente em tempo real, e descobrir conexões entre vários participantes de um ataque.

    Diagrama que mostra como os honeypots prendem os hackers e os mantêm longe das redes reais.Os honeypots atraem e prendem os hackers, ajudando a mantê-los longe das redes reais.

    O que é uma honeynet?

    Uma honeynet é uma rede falsa de honeypots. Enquanto um honeypot é um único dispositivo de isca plantado em uma rede, uma honeynet é configurada para se parecer com uma rede real, geralmente inclui vários servidores ou dispositivos e inclui recursos adicionais, como firewalls. A intenção por trás de uma honeynet é semelhante a um honeypot, isto é, analisar como os hackers obtêm acesso e interagem com os recursos dentro dela, mas em uma escala mais ampla.

    Honeypots por nível de interação

    As honeynets e outras formas de segurança de honeypot podem ser categorizadas de acordo com três níveis diferentes de interação:

    • Honeypots puros: sistemas operacionais abrangentes que são os mais complexos e difíceis de manter. Equipados com documentos confidenciais simulados e dados de usuários, os honeypots puros apresentam a aparência mais autêntica para possíveis invasores.

    • Honeypots de alta interação: honeypots complexos que permitem que os hackers tenham rédea solta dentro da infraestrutura, oferecendo aos analistas o máximo de dados sobre as atividades dos cibercriminosos. Os honeypots de alta interação exigem mais manutenção e podem representar um risco maior.

    • Honeypots de baixa interação: em vez de imitar um sistema inteiro, esses chamarizes representam as partes dos sistemas e serviços de uma empresa que são mais atraentes para os hackers. Dessa forma, eles fornecem informações mais limitadas sobre os invasores, mas podem ser configurados com mais facilidade usando protocolos TCP/IP.

    Quais são os tipos de honeypots?

    Diferentes tipos de honeypots podem ser usados para ajudar a explorar e neutralizar diferentes tipos de ameaças. Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de honeypots e como esses diferentes métodos de honeypotting funcionam na prática:

    Honeypots de e-mail

    Os honeypots de e-mail usam um endereço de e-mail falsificado que só pode ser detectado usando métodos suspeitos, como um coletor de endereços automatizado, o que significa que nenhum usuário legítimo pode encontrar o endereço. Todas as mensagens enviadas para esse endereço são, portanto, classificadas como spam, e os remetentes desses e-mails são imediatamente bloqueados da rede. Isso ajuda os provedores de serviços de Internet a impedir o spam de e-mail.

    Honeypots de dados

    As organizações geralmente criam bancos de dados falsos com conteúdo falso para identificar e eliminar as vulnerabilidades do sistema. Os honeypots de dados podem coletar informações sobre injeções de SQL e outros métodos que os hackers usam para obter acesso ao banco de dados falso e também podem ser usados para analisar a disseminação e o uso dos dados falsos roubados no ataque.

    Honeypots de malware

    Um honeypot de malware é uma técnica destinada a atrair malware imitando um aplicativo de software ou uma API, criando um ambiente controlado em que o criador pode analisar com segurança um ataque de malware. Essas informações podem ser usadas para criar defesas mais sofisticadas contra malware.

    Honeypots spider

    Os rastreadores da Web, ou "spiders", são o alvo pretendido desse tipo de armadilha honeypot. Um honeypot spider cria páginas da Web e links que só podem ser acessados por um rastreador da Web ou bot automatizado, fornecendo às organizações uma visão de como eles operam e os possíveis problemas que podem causar.

    Honeypots de clientes

    Os honeypots convencionais são honeypots de servidor que aguardam passivamente um ataque. Mas os honeypots de clientes, ou honeypots de computadores, são mecanismos de segurança proativos que buscam servidores que lançam ataques. O honeypot de cliente se faz passar por um dispositivo cliente, interage com o servidor e investiga se houve um ataque.

    Quais as vantagens no uso de um honeypot?

    Há muitos benefícios em usar uma armadilha honeypot para prender possíveis ladrões cibernéticos. Aqui estão alguns dos principais casos de uso e vantagens de operar uma rede de honeypots:

    Monitoramento de ameaças em evolução

    Os ataques cibernéticos são uma ameaça em constante evolução para as redes, e os honeypots são uma das melhores ferramentas disponíveis para ficar de olho no cenário de ameaças em desenvolvimento. Uma vez ativo, um honeypot continua coletando dados sempre que recebe um ataque, permitindo que os administradores de rede identifiquem padrões nos ataques (como endereços IP em um determinado local) e atualizem suas medidas de segurança para se defenderem de atividades semelhantes.

    Vulnerabilidades em evidência

    Os honeypots são inestimáveis para expor vulnerabilidades na segurança das organizações de uma maneira de baixo risco. Ao analisar quais explorações os invasores estão usando para acessar os dados no honeypot, as organizações podem atualizar seus sistemas de segurança para ajudar a bloquear esses métodos de ataque.

    Identificação de ameaças internas

    Os honeypots também podem ser usados para identificar e capturar ameaças internas antes que elas possam causar danos reais. Ameaças internas de insiders mal-intencionados podem ser um grande problema se houver pontos fracos em relação às permissões dentro da organização, proporcionando aos funcionários insatisfeitos maneiras de explorar os dados da empresa. Mas os honeypots podem identificar preventivamente os pontos fracos e as ameaças internas com a mesma eficácia que as externas.

    Baixa taxa de falso-positivos

    Outros tipos de tecnologias que identificam ameaças à segurança geralmente têm uma alta taxa de falsos positivos, em que os alertas sinalizam ameaças inexistentes. Mas como os honeypots não podem ser acessados por meios legítimos, há uma taxa muito baixa de falsos positivos.

    Custo-benefício

    Como a manutenção é relativamente baixa e as equipes de segurança não precisam examinar grandes quantidades de dados em busca de atividades suspeitas, a tecnologia de honeypot é uma defesa econômica contra ataques online. Eles têm tráfego limitado e não exigem muito do servidor, especialmente em sistemas de baixa interação. O software de honeypot também costuma ser de código aberto, o que o torna barato e fácil de implementar.

    Ferramenta de treinamento essencial

    A equipe de segurança cibernética pode usar os honeypots como uma ferramenta de treinamento de ponta, analisando os dados coletados sobre ataques online. Os honeypots são incomparáveis em sua capacidade de permitir que a equipe de segurança permaneça atualizada sobre ameaças online novas e em evolução.

    Uma ilustração de como os honeypots ajudam no treinamento contra uma ampla gama de ameaças cibernéticas.Os honeypots são um valioso auxílio no treinamento de segurança cibernética contra uma ampla gama de ameaças.

    Quais são os riscos de usar um honeypot

    Apesar de seus muitos usos, os honeypots não são uma solução milagrosa quando se trata de segurança cibernética, e eles têm várias desvantagens. Aqui estão algumas das limitações e desvantagens do uso de um honeypot:

    Possível sequestro

    Embora os honeypots sejam geralmente isolados da rede principal de uma organização, existe o risco de que um hacker possa usar o honeypot como um gateway lateral para acessar e atacar os sistemas reais de uma organização. Como alternativa, se um hacker sofisticado e perigoso puder identificar um honeypot usando um detector de honeypot, ele poderá usar o estratagema lançando ataques falsos no sistema de isca para desviar a atenção de uma tentativa real de invasão em outro lugar.

    Dados limitados

    Como os honeypots só podem coletar dados de tentativas de ataques, haverá dados limitados para analisar se o honeypot não conseguir atrair ameaças em potencial. Confiar demais nos dados coletados por um honeypot pode ser um risco em si, pois hackers experientes e ameaças mais complexas podem ser ignorados se a equipe de segurança de uma organização estiver concentrada apenas nos riscos identificados por meio do honeypot.

    Os honeypots são ilegais?

    Os honeypots não são ilegais, mas há questões legais relacionadas à coleta de dados pessoais dos usuários. Nos EUA, há uma ampla isenção da lei federal de privacidade, conhecida como isenção de proteção ao provedor de serviços, que geralmente permite que as organizações coletem informações sobre os usuários no contexto da proteção e segurança de sua rede.

    Outras peças importantes da legislação que regem o uso de honeypots incluem a Lei de Privacidade das Comunicações Eletrônicas nos EUA e o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia.

    Qualquer organização que queira usar um honeypot de site ou outra forma de armadilha cibernética deve primeiro verificar a legislação de privacidade em sua jurisdição específica para garantir que o uso de um honeypot não viole nenhuma lei ou regulamento.

    Obtenha proteção robusta com o AVG

    Os honeypots são uma peça importante no quebra-cabeça da segurança cibernética. Mas a maioria de nós não tem os recursos necessários para configurar honeypots em casa. É aí que entra o software antimalware confiável.

    O AVG AntiVirus FREE usa detecção avançada de ameaças heurísticas habilitadas para IA para ajudar a proteger seu dispositivo contra vírus e malware, defender-se contra ameaças emergentes, alertá-lo sobre links e sites inseguros e bloquear tentativas de invasão. Obtenha proteção de ponta hoje mesmo.

    Tenha proteção indestrutível contra malware no seu smartphone com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita

    Tenha proteção indestrutível contra malware no seu iPhone com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita
    Dicas
    Segurança
    Emily Nemchick
    9-01-2024