Blog AVG Signal Segurança Ameaças Extorsão sexual e chantagem: o que você precisa saber?
Signal-Sextortion-what-is-it-and-how-to-prevent-it-Hero

O que é extorsão sexual?

A extorsão sexual é um tipo de chantagem em que alguém ameaça compartilhar ou publicar material privado e sensível, a menos que você envie imagens sexualmente explícitas, faça favores sexuais ou ofereça dinheiro. A extorsão sexual é um crime grave em que as vítimas são enganadas ou coagidas a enviar imagens ou vídeos sexuais pessoais.

Este artigo contém:

    Esses chantagistas geralmente procuram pessoas que transmitem ou postam conteúdo sexualmente explícito de si mesmos. Eles usam contas falsas e outros truques de engenharia social para ganhar confiança e, em seguida, pedem imagens ou vídeos comprometedores. Os agressores ameaçam publicar o conteúdo, a menos que a vítima envie mais. A extorsão sexual pode levar à chantagem sexual.

    Ela ocorre quando a vítima é coagida a enviar conteúdo sexual para recuperar dados privados roubados. O invasor rouba os dados, talvez por meio de spoofing ou implantação de malware, e faz exigências para que a vítima os recupere.

    Jovens são especialmente vulneráveis à extorsão sexual, porque geralmente são menos inibidos online, tendem a compartilhar mais e confiam mais em estranhos na internet.

    Como a extorsão sexual acontece?

    De plataformas de jogos e mídias sociais a aplicativos de namoro e bate-papo por vídeo, há muitos lugares para troca de dados pessoais com outras pessoas. Muitas vezes, é neles que ocorre a extorsão sexual.

    Os chantagistas sexuais usarão vários meios para ganhar a confiança da vítima. Eles podem fingir ter um interesse romântico, bajular e oferecer dinheiro e outros itens valiosos. Depois de ficar à vontade, a vítima pode ser manipulada para enviar conteúdo comprometedor usado para extorsão sexual ou até chantagem sexual.

    Os agressores também podem ser mais agressivos: usar força e ameaça para coagir ou chantagear as vítimas a criar imagens e vídeos sexualmente explícitos.

    Um exemplo de extorsão sexual pelo Facebook Messenger.

    A extorsão sexual é frequentemente um ciclo perigoso. Atender às demandas nem sempre acaba com a extorsão sexual. Às vezes, depois de produzir o conteúdo solicitado, os chantagistas sexuais ameaçam a exposição como forma de exigir um conteúdo ainda mais explícito. O que pode começar como chantagem por imagens sexuais pode rapidamente se transformar em chantagem por sexo.

    Exemplos de extorsão sexual

    Embora seja uma forma mais recente de abuso online, os crimes de extorsão sexual estão aumentando. À medida que a tecnologia permite mais conectividade, cresce o potencial de chantagem. As notícias que envolvem extorsão sexual são perturbadoras, mas podem servir como lição a você e às pessoas que você ama sobre a forma de atuação dos chantagistas e como se proteger.

    Veja aqui dois casos de extorsão sexual amplamente divulgados recentemente:

    Richard Finkbiner

    Preso em 2012, Richard Finkbiner possuía mais de 22.000 videoclipes dos feeds de webcams de jovens nos EUA. Grande parte do material confiscado era de natureza sexual.

    Usando um site de chat por vídeo anônimo, Finkbiner primeiro enganava as vítimas mostrando vídeos explícitos pré-gravados de outras pessoas. Acreditando que eram vídeos ao vivo, as vítimas eram incentivadas a enviar conteúdo semelhante. Depois de receber esses vídeos, Finkbiner se revelava e ameaçava publicar os vídeos das vítimas, a menos que enviassem mais.

    Finkbiner enviava às vítimas imagens adulteradas mostrando capturas de tela dos vídeos delas em sites pornográficos e ameaçava “postar” mais se elas não obedecessem. Ele também enviava capturas de tela dos contatos delas tiradas de sites de mídia social.

    Com vítimas com idades entre 12 e 16 anos, Finkbiner foi finalmente condenado a 40 anos de prisão, multado em US$ 70.000 e terá supervisão federal vitalícia após a soltura.

    David Ernest Otto

    Preso em 2019, David Ernest Otto usou plataformas populares de mídia social para atacar e persuadir meninas menores de idade a enviar conteúdo sexualmente explícito. Com bajulação e atenção especial, Otto preparava as vítimas até que se sentissem à vontade para concordar com seus pedidos.

    Otto foi pego quando a mãe de uma das vítimas encontrou suas mensagens no Instagram. Os investigadores rastrearam o endereço IP da conta de Otto até sua casa. Cumprindo um mandado de busca, os investigadores apreenderam vários dispositivos de Otto e encontraram comunicações com mais seis menores.

    Otto foi condenado a 15 anos de prisão federal e terá supervisão federal vitalícia após a soltura.

    Como lidar com extorsão sexual?

    Lidar com um incidente de extorsão sexual pode ser traumático. As consequências podem ser graves para a vítima e os familiares. As vítimas de extorsão sexual podem até ser levadas a atender às demandas do agressor, que promete fazer o problema desaparecer.

    Mas obedecer pode piorar a situação e iniciar um ciclo vicioso. Embora a extorsão sexual seja uma situação difícil, as vítimas devem seguir o procedimento estabelecido para reduzir os possíveis danos.

    Veja como lidar com a extorsão sexual, chantagem por webcam e outras formas de chantagem sexual:

    • Interrompa todas as comunicações imediatamente.

    • Nunca cumpra as solicitações: não envie imagens, vídeos nem dinheiro.

    • Guarde as provas: nomes e nomes de usuário do suspeito, todas as comunicações e provas de foto/vídeo.

    • Informe o incidente de extorsão sexual às autoridades competentes.

    Fale com um adulto de confiança

    Talvez você tenha cometido alguns erros online, mas não merece ser vítima de chantagem. A extorsão sexual é um crime grave, e não há vergonha em pedir ajuda a alguém em quem você confia.

    Converse com um membro da família, amigo, professor ou qualquer pessoa com quem você se sinta à vontade. Eles podem ajudar a agir para acabar com a ameaça de extorsão sexual.

    Esses chantagistas são predadores que se alimentam do medo da vergonha e punição. Não ceda às artimanhas. Provavelmente, você não é o único alvo e falar pode também ajudar outras pessoas.

    Denuncie a extorsão sexual a serviços online

    Serviços online populares, como Facebook e WhatsApp, são comumente usados para extorsão sexual e chantagem. Como esses serviços são motivados a manter a extorsão sexual fora das plataformas, eles podem ser aliados. Se você for alvo de extorsão sexual, denunciar o crime cibernético poderá ajudar a parar o agressor.

    Veja como o Facebook lida com extorsão sexual:

    1. Acesse a página de perfil do invasor pela pesquisa ou clicando nele no Feed de Notícias.

    2. Clique nas reticências (três pontos) à direita da navegação superior e selecione Obter apoio ou denunciar perfil.

    3. Siga as instruções na tela para enviar uma denúncia ou outro feedback.

      Denunciar um perfil do Facebook.

    Veja como o WhatsApp lida com extorsão sexual:

    1. Abra o WhatsApp e localize o chat com o criminosos.

    2. Toque no nome no topo da tela e depois role para baixo e toque em Denunciar [Contato].

      Denunciar uma pessoa no WhatsApp.

    Depois de denunciar o criminoso ao WhatsApp, a empresa receberá as últimas 5 mensagens enviadas por ele a você e ele não será notificado. O WhatsApp também receberá o ID do usuário denunciado e informações sobre a data de envio das mensagens.

    Denuncie a extorsão sexual à polícia

    A extorsão sexual é um crime equivalente à chantagem e o que a polícia pode fazer com relação a isso depende das evidências. Um caso de extorsão sexual exige evidências também. Portanto, é essencial manter registros de todas as correspondências, imagens, vídeos e qualquer outra comunicação com o agressor.

    Ao denunciar extorsão sexual à polícia, esses registros de comunicação ajudarão a criar um caso mais robusto. Eles podem ajudar os investigadores a responsabilizar o chantagista e evitar que mais pessoas sejam vítimas de chantagem sexual no futuro.

    Talvez seja possível denunciar online a chantagem à polícia e o mesmo vale para um incidente de extorsão sexual. Use um mecanismo de pesquisa para localizar e entrar em contato com a delegacia de polícia mais próxima e pesquisar as opções a partir daí.

    Denuncie a extorsão sexual ao FBI

    Para o FBI (Federal Bureau of Investigation), a extorsão sexual é uma prioridade, especialmente em casos com jovens. Um único caso de extorsão sexual pode envolver uma lista de vítimas nacionais ou mesmo internacionais. O FBI tem experiência e recursos para investigar as operações de extorsão sexual mais sofisticadas.

    Para denunciar extorsão sexual ao FBI, entre em contato com o escritório local do FBI ou ligue gratuitamente para o FBI em 1-800-CALL-FBI. Você também pode denunciar a extorsão sexual ao FBI online.

    Como posso me proteger contra extorsão sexual

    Proteger-se contra extorsão sexual significa seguir práticas básicas de segurança e privacidade online. Você provavelmente conhece a maioria das estratégias. Os chantagistas sexuais geralmente atacam jovens que cometem erros básicos de segurança online. Se você evitar os erros e usar as melhores ferramentas de privacidade na internet, deverá estar em segurança.

    Veja como se proteger contra a extorsão sexual:

    • Defina as contas de mídia social como privadas: As contas públicas podem ser visualizadas por qualquer pessoa, inclusive os chantagistas sexuais. E o conteúdo da sua conta pode facilitar o ataque dos agressores. Mantenha os chantagistas sexuais afastados tornando sua conta privada.

      Defina suas contas de mídia social como privadas para se proteger contra extorsão sexual.
    • Tenha cuidado com o que é compartilhado online: Pense antes de publicar online. Muitas informações online sobre você podem ser usadas para extorsão sexual direcionada e outras chantagens. Uma postagem pessoal ou explícita, como uma foto sexual, pode ser enviada pela internet e voltar para te assombrar.

    • Bloqueie ou ignore mensagens de estranhos: Pessoas que você não conhece e enviam mensagens aleatórias para você, são provavelmente mal-intencionadas. Não dê nenhuma chance a elas e bloqueie-as imediatamente. Usar aplicativos de mensagem seguros pode ajudar a proteger suas comunicações privadas.

      Bloquear pessoas nas mídias sociais pode ajudar a evitar interações perigosas.
    • As pessoas podem fingir serem outras: É fácil criar contas falsas. Então, não confie simplesmente em quem entrar em contato com você. Confirme se as pessoas são quem dizem que são e as ignore ou bloqueie se algo parecer errado.

    • Suspeite se quiserem conversar em outra plataforma: Se você conhece alguém em uma plataforma ou aplicativo de jogos e de repente ele quer conversar em outro lugar, esse é um sinal de alerta. Tenha cuidado e não envie nenhuma informação ou conteúdo privado.

    • Bloqueie e denuncie solicitações estranhas: Se você receber mensagens ou pedidos estranhos, pode ser um plano de extorsão sexual. Bloqueie e denuncie imediatamente o usuário. Se você for menor de idade, conte a um adulto. Lembre-se, você não cometeu o crime.

    • Navegue na internet com segurança: Ao navegar online, use um dos melhores navegadores seguros e privados para ajudar a se proteger contra várias ameaças online. Os navegadores privados podem proteger sua identidade digital e ajudar a esconder sua atividade online de olhares indiscretos.

    • Usar senhas fortes: Crie senhas ou senhas longas e difíceis de quebrar para todas as contas online. O uso de senhas fortes e exclusivas para todas as contas online garantirá que suas informações pessoais permaneçam seguras.

    Como posso proteger meus filhos contra extorsão sexual

    Crianças geralmente sabem mais sobre tecnologia que os pais. Mas proteger seus filhos contra extorsão sexual e outros crimes cibernéticos não precisa ser complicado. Muitas práticas recomendadas são semelhantes às usadas para proteger crianças offline.

    Impedir que as crianças se tornem vítimas de extorsão sexual envolve informá-las sobre os sinais de perigo, garantir que evitem estranhos e incentivar a comunicação aberta.

    Como os jovens passam muito tempo nos telefones, confira se seus filhos têm os melhores aplicativos de privacidade para Android ou os melhores aplicativos de segurança para iPhone, de acordo com o tipo de telefone que possuem.

    Confira nosso guia completo para manter as crianças seguras online para tomar as medidas certas para evitar um incidente de extorsão sexual. Ele também ajudará a proteger seus filhos de outras ameaças online.

    Proteja-se na internet com o AVG Antivirus

    A prevenção é a melhor estratégia contra a extorsão sexual. A aplicação de medidas defensivas pode ajudar a evitar planos de extorsão contra você e seus entes queridos. Um navegador seguro e privado, como o AVG Secure Browser, bloqueará ameaças e cibercriminosos antes que tenham a chance de coletar suas informações pessoais e usá-las em chantagens.

    O AVG Secure Browser foi desenvolvido por especialistas em segurança para priorizar a privacidade e oferece detecção de ameaças em tempo real para proteger contra roubo de identidade, golpes de phishing e outras ameaças, como malware. Na luta contra o extorsão sexual e outros crimes cibernéticos, o AVG Secure Browser protege você.

    Navegue com segurança e privacidade com o AVG Secure Browser

    Instalação gratuita

    Navegue com segurança e privacidade com o AVG Secure Browser

    Instalação gratuita