Blog AVG Signal Desempenho Hardware Por que seu smartphone superaquece e como corrigir isso
Why_Your_Phone_Gets_Hot_and_How_to_Fix_It-Hero

Por que meu smartphone está esquentando?

Essa é uma pergunta comum que não tem uma única resposta. Estamos aqui para te levar até o fim desse assunto quentíssimo (desculpe, mas não deu pra segurar). Perceba que isso não tem nada a ver com o aquecimento eventual do seu aparelho. É normal que um smartphone fique quente de vez em quando. Afinal de contas, seu celular é um dispositivo eletrônico. Isso significa que o movimento de eletricidade necessário para que ele funcione cria calor. Coisas da física. Mas se seu smartphone superaquece com frequência ao ponto de que não é possível segurá-lo confortavelmente, isso pode ser sinal de um problema mais sério que, no pior cenário, pode fazer com que o aparelho envelheça mais rapidamente ou cause outros problemas.

Este artigo contém:

    Por que meu Android está superaquecendo?

    Algumas das causas mais comuns do superaquecimento de smartphones, como malwares e aplicativos suspeitos, são mais comuns nos dispositivos Android. Se o seu aparelho Android ou sua bateria ficam muito quentes com frequência, leia este artigo para descobrir como baixar a temperatura.

    Por que meu iPhone está superaquecendo?

    Como iPhones não pegam vírus e a Apple não permite a instalação de aplicativos não aprovados, você pode pensar que dispositivos iOS estão menos propensos a enfrentar problemas típicos de outros smartphones, incluindo o superaquecimento. Mas se você está aqui, talvez esteja enfrentando justamente esse problema com o seu aparelho. Não se preocupe, vamos ajudá-lo.

    Não interessa se você tem um Android ou um iPhone, o primeiro passo é descobrir a causa do superaquecimento.

    De onde vem o calor?

    Quando a temperatura do celular aumenta, provavelmente a culpa é da bateria, do processador ou da tela. Cada um desses componentes podem gerar calor. Os compostos químicos dentro da bateria do smartphone criam eletricidade, o processador transfere informações em alta velocidade (como um computador) e a tela emite luz. Então, você pode identificar o que está causando o problema? Você pode tentar supor o motivo do aquecimento do seu iPhone ou Android com base na origem do calor.

    Parte de trás do smartphone

    Se a parte de trás do smartphone está ficando quente, o problema pode ser superaquecimento da bateria. Os telefones celulares mais modernos usam baterias de íon lítio, que apesar do tamanho, têm muita energia. De forma geral, as baterias de íon de lítio são seguras, mas algumas falhas podem ocorrer. Uma bateria aquecida também pode ser sinal de que está na hora de trocá-la.

    Parte de baixo do smartphone

    Veja se a parte de baixo do smartphone fica quente quando ele está carregando. Se ficar, o problema pode ser o carregador. Tanto para iPhone quanto para Android, o carregador mais confiável é aquele que acompanha o aparelho de fábrica. Mas, ao contrário da crença popular, carregadores de outras marcas também funcionam bem, desde que sejam de boa qualidade.

    Acima da bateria, ao lado do alto-falante, ou da tela

    Se você notar que seu smartphone está ficando quente em outro lugar além da bateria ou na parte de baixo, onde ele se conecta ao carregador, explore outras possíveis causas que podem estar relacionadas ao aparelho em si, ou fatores externos.

    Quente x morno: qual é a diferença?

    OK, então seu smartphone está quente ou ele estaria apenas morno? De forma geral, a temperatura interna do smartphone pode ficar entre 37 e 43ºC. Isso é considerado normal. Antes de enfiar um termômetro na entrada do carregador do smartphone, saiba que existem algumas maneiras mais práticas de determinar a temperatura do dispositivo:

    Make sure to determine if your phone is experiencing normal warmth or problematic overheating.

    Se o seu aparelho é um smartphone Android, você pode instalar o aplicativo AIDA64, que oferece muitas informações sobre o hardware e software do seu aparelho, incluindo um relatório de temperatura. Embora a Apple tenha introduzido um menu “Estado da bateria” na atualização mais recente do iOS 12.3, a funcionalidade não inclui uma leitura de temperatura.

    No entanto, como já estabelecemos que algum aquecimento de smartphone é normal, é melhor determinar o superaquecimento com base na frequência que você nota que o aparelho está aquecendo, ou se a temperatura for desconfortável. Seu smartphone não poderia estar ficando quente várias vezes por dia, ou por nenhum motivo aparente.

    Superaquecimento: iPhone X Samsung

    Alguns usuários de iOS notam um aumento na temperatura de seus aparelhos na medida em que eles vão envelhecendo. Mas ainda há uma grande diferença entre o aquecimento de modelos mais antigos (já que eles têm problemas em acompanhar as atualizações) e o superaquecimento intenso vistos nas explosões de bateria do Samsung Galaxy Note 7. A Transportation Security Administration (TSA) ainda não permite esse modelo específico do Samsung Galaxy em voos. 

    Mesmo que o Galaxy Note 7 seja um caso extremo, recomendamos que você leia as avaliações sobre ele antes de comprar seu dispositivo novo. Assim você verifica se não há problemas inerentes que causem superaquecimento perigoso do aparelho (ou qualquer outro problema).

    Causas do superaquecimento do smartphone

    Há vários motivos, totalmente normais e inofensivos, pelos quais seu smartphone pode precisar de mais energia que o normal, fazendo com que ele esquente um pouco. Eles incluem:

    1. Jogos por longos períodos

    Icon_01Se você nunca passou horas jogando Candy Crush ou Snake vs. Block, ou você está mentindo ou nunca precisou andar de transporte público. A enorme variedade de jogos para dispositivos móveis é realmente um dos maiores motivos para se comprar um smartphone. No entanto, apps de alta intensidade usam os núcleos de processamento central do seu smartphone, além da unidade de processamento de vídeo, o que faz o aparelho aquecer.

    2. Conteúdo de streaming

    Icon_02Semelhante ao cenário dos jogos, assistir ao YouTube ou Netflix por horas no seu Android ou iPhone é outra maneira infalível (entendeu?) de sobrecarregar o processador do seu smartphone. Conteúdo em streaming faz com que seu aparelho tenha que carregar os dados do vídeo e manter as atividades da tela ativas por um longo tempo.

    3. Suas configurações não são ideais

    Icon_03As configurações do seu smartphone também afetam o volume de energia consumida. Brilho da tela no máximo? Papel de parede animado? Widgets, widgets por todos os lados? Considere desligar (ou diminuir, no caso do brilho) configurações desnecessárias para aliviar a carga na CPU do seu smartphone.

    Outros motivos podem não estar relacionados aos processos normais do seu smartphone, mas ainda são relativamente fáceis de corrigir:

    4. Fatores ambientais

    Icon_04Prepare-se para se surpreender, mas deixar seu smartphone no sol ou no carro em um dia quente pode fazer com que ele superaqueça (*GASP*). Isso também pode impedir que a tela sensível a toque funcione corretamente e fazer com que a bateria acabe mais rápido. Além do calor e exposição ao sol, danos com água também podem ser uma causa possível de superaquecimento do smartphone.

    5. Aplicativos que precisam de atualização

    Icon_05Se um app tiver um bug ou outro problema, ele pode fazer seu smartphone superaquecer ao utilizar excessivamente o processador do dispositivo. Manter seus aplicativos e sistema operacional atualizados é importante, pois as atualizações frequentemente contam com correções de falhas. Depois de implementar as atualizações, o desempenho do seu smartphone deveria melhorar e o superaquecimento diminuir.

    6. Atualizações de software

    Icon_6-02Um smartphone pode superaquecer durante ou logo depois de uma atualização. Isso pode ocorrer devido a um erro no sistema operacional que deveria ser corrigido pela própria atualização, que as vezes exige mais energia enquanto é feira. Mas isso não deve provocar um problema de superaquecimento a longo prazo.

    Quando há um problema maior

    Embora haja explicações mais plausíveis sobre o motivo de aquecimento do seu smartphone, é melhor não supor que o problema é de fácil correção. Um smartphone superaquecido também pode ser sinal de que ele está infectado com malware. Frequentemente, malwares consomem muita memória RAM e poder de processamento da sua CPU, fazendo com que o smartphone superaqueça. Alguns tipos de malwares são até mesmo capazes de danificar seu smartphone fisicamente.

    Apesar do que você costuma ouvir por aí, smartphones podem ter malware. Smartphones Android podem ser infectados até mesmo com ransomware, um tipo de software malicioso que bloqueia seus arquivos ou dispositivos e exige um resgate para liberá-los. E esse não é o único tipo de malware solto por aí.

    Com o sucesso do Bitcoin, as criptomoedas passaram a chamar a atenção de cibercriminosos. Em 2017, um tipo do malware cavalo de Troia chamado Loapi infectou smartphones Android. Em seus ataques, o malware se disfarçava de um aplicativo antivírus na loja Google Play. O malware Loapi era usado por cibercriminosos para minerar secretamente a criptomoeda Monero. Isso maximizava o poder de computação do processador e fazia com que o dispositivo ficasse muito quente, deixando a bateria com um calombo perceptível apenas dois dias após a infecção.

    Apareceram também mais aplicativos falsos para Android que infectavam dispositivos com o CoinHive, outro malware de mineração de Monero. Oculto dentro dos arquivos HTML na pasta de ativos dos aplicativos, o código de mineração é ativado assim que o aplicativo é aberto, continuando em execução em segundo plano. Como muitos desses aplicativos maliciosos foram encontrados na Google Play Store, é importante ficar atento ao superaquecimento do smartphone para identificar uma infecção por malware de mineração.

    Se você suspeitar que seu smartphone está superaquecendo devido a uma infecção de malware, veja como remover um vírus do Android e do iPhone.

    Se você é um usuário de iPhone que usa a App Store da Apple para baixar aplicativos aprovados, isso ajuda a limitar sua exposição a aplicativos não autorizados. Por outro lado, caso você destrave seu iPhone, ele estará mais vulnerável a malwares do que um Android. Recomendamos que você proteja seu dispositivo iOS com um aplicativo de segurança como o AVG Mobile Security para iPhone e iPad. Com ele, você fica protegido contra todos os tipos de ameaças, incluindo redes Wi-Fi inseguras e roubo de identidade.

    Devido ao aumento da vulnerabilidade, os usuários do Android devem usar um antivírus confiável para dispositivos móveis, como o nosso AVG AntiVirus para Android. Essa é a melhor forma de impedir que um malware prejudique seu dispositivo e de se proteger contra aplicativos inseguros, chamadas indesejadas e roubo.

    Como resfriar seu smartphone

    Uma solução rápida é remover a capa do smartphone. Embora a capa em si não faça com que ele fique superaquecido, ela pode estar aprisionando o calor. Removê-la pode ajudar a baixar a temperatura do seu smartphone mais rapidamente. Em seguida, ative o modo avião para desativar recursos que consomem muita bateria, como rádio sem fio, Bluetooth, Wi-Fi ou busca por sinal de rede celular. Essa não é a opção mais prática, mas pode ser uma maneira rápida de baixar a temperatura do seu smartphone se ele estiver superaquecido.

    Além disso, NUNCA coloque seu smartphone na geladeira ou congelador. Embora isso possa parecer uma resposta lógica a colocar o smartphone em um ambiente quente, expô-lo à uma temperatura ou umidade extrema pode causar danos irreparáveis. Uma melhor opção (embora certamente limitada em eficácia) é soprá-lo ou colocar na frente de um ventilador. Tanto iPhones quanto Androids foram projetados para funcionar entre 0 e 35ºC. Exposição a temperaturas fora dessa faixa pode impactar negativamente o desempenho ou o hardware do seu smartphone. Se seu smartphone está ficando superaquecido devido à luz direta ou calor do sol, mova-o para a sombra.

    Além das dicas mencionadas acima, há algumas outras coisas que podem ser feitas para ajudar a resfriar o smartphone:

    • Reduza o brilho da tela: deixar a tela com brilho razoável (mas não máximo) vai aliviar um pouco a bateria do smartphone (e dos seus olhos).

    • Desative Wi-Fi, GPS e Bluetooth: desativar recursos que consomem muita bateria, como esses, dá uma folga ao smartphone, permitindo que ele resfrie.

    • Reinicie o smartphone: ocasionalmente, reiniciar seu aparelho pode ajudar a evitar superaquecimento devido a pequenos problemas no software.

    • Remova mawares: Como mencionado acima, um software malicioso pode fazer com que seu dispositivo funcione demais e fique superaquecido. Verifique e remova-o para melhorar o desempenho do smartphone e baixar sua temperatura.

    • Procure um profissional: Se você fez uma varredura no seu smartphone e viu que ele não contém malware e nenhuma de nossas outras dicas deu resultado, talvez seja preciso substituir a bateria. É melhor visitar uma loja de reparos de boa reputação e para tentar descobrir o problema com seu aparelho e/ou comprar uma bateria nova, caso seja preciso.

    Como evitar que seu smartphone superaqueça

    É sempre mais fácil prevenir problemas antes de aprender a acabar com o superaquecimento do seu smartphone. Desenvolver alguns hábitos de cuidados com o aparelho pode realmente fazer a diferença quando se trata de prolongar a vida dele ou ter que substituí-lo.

    Carregue seu smartphone corretamente

    Já falamos sobre o uso de um carregador de boa qualidade, mas também é importante prestar atenção onde você coloca seu aparelho enquanto ele carrega. Deixe-o em uma superfície rígida que não conduz calor. Evite deixá-lo no sofá ou na cama, locais que podem reter o calor produzido pelo carregamento. E já que estamos falando sobre isso, vamos acabar com um mito: carregar o celular à noite toda não é ruim para a sua bateria. A verdade é que os smartphones têm chips de proteção para garantir que a bateria pare de carregar em 100%. Embora ele carregue novamente assim que a bateria cair a 99%, isso não danificará a bateria desde que você mantenha a posição do carregador correta.

    Atualize seus apps

    Se notar que seu smartphone começou a esquentar sem motivo aparente, tente examinar alguns dos seus apps instalados recentemente. É possível que um ou mais deles tenham um bug que faz o smartphone superaquecer. Atualizar os apps geralmente corrige esse tipo de problema. Caso contrário, tente desinstalar o app para determinar se ele é o motivo de superaquecimento do seu smartphone. Você também deve manter o sistema operacional do seu aparelho atualizado para um melhor desempenho e segurança do aparelho.

    Evite luz do sol direta

    Parece um conselho meio bobo, mas pode ser muito fácil esquecer do seu smartphone enquanto você toma um banho de sol. Cubra seu smartphone com um lençol ou algo parecido para evitar que ele superaqueça. Pode ser que você precise cuidar do seu bronzeado, mas seu aparelho não.

    Use um antivírus

    Nunca é demais destacar como é importante usar um antivírus em seu smartphone Android. Deixando o superaquecimento de lado, ter um malware em seu smartphone vai te dar uma enorme dor de cabeça, para dizer o mínimo. No máximo, ele pode: vazar suas informações sigilosas, roubar dados bancários, criptografar e impedir acesso aos seus arquivos pessoais, espionar sua localização, consumir toda sua bateria... e a lista continua, mas a conclusão é: não bobeie com seu smartphone. Na se esqueça de usar um antivírus.

    Tenha uma proteção gratuita contra redes Wi-Fi sem proteção, roubo de identidade e proteja suas fotos pessoais contra roubo ou espionagem com o AVG Mobile Security para iPhone e iPad. Usuários Android, bloqueiem malwares e aplicativos suspeitos com proteção extra de seus dados sigilosos e fotos com o nosso AVG AntiVirus gratuito para Android.

    Proteja seu iPhone contra ameaças com o AVG Mobile Security

    Instalação gratuita

    Proteja seu Android contra ameaças com o AVG AntiVirus

    Instalação gratuita