A tecnologia é fantástica.

É incompreensível pensar que uma caixa com fios e plástico, como esta em que você lê este texto, pode, em um momento, trazer maravilhas e diversão com ensinamentos interessantes ou vídeos engraçados... e em outro, também pode te encher de raiva e fúria quando a conexão sem fio usada justamente para acessar aquele conteúdo cai de repente e sem nenhuma explicação. Sério, esta é uma época mágica para se estar vivo.

Se você se pegar pensando sobre o motivo da sua internet não estar funcionando, a AVG está aqui para te ajudar a arrumar sua conexão de internet. Da melhor forma que podemos.

Primeiro: guarde este artigo!

Queremos te ajudar a arrumar sua rede sem fio, mas desde que este artigo está na internet, bem, você pode ver como isso pode ser um problema. Então, se você tem uma impressora, comece imprimindo isso ou, ao menos, salvando esta página na sua área de trabalho. É só clicar Ctrl + S. Desse jeito, mesmo que sua internet caia, você pode consultar essas páginas. 

Salvou? Ótimo. Mas antes de começarmos a consertar sua rede Wi-Fi, precisamos perguntar mais uma coisa:

Por que ela não está funcionando?

Você não pode curar uma infecção até que você saiba que bicho te picou. Também não dá para arrumar sua Wi-Fi sem que você descubra o motivo que fez com que ela parasse de funcionar. Felizmente, em casos como esse, só pode ser uma dessas três possibilidades: seu dispositivo, sua rede, ou a própria internet.

Seu aparelho

Primeiramente cheque se outros dispositivos inteligentes ainda estão conectados à internet. Se estiverem, você sabe que o problema está naquele dispositivo específico, o que evita algum problema. Continue e vá até a seção Como arrumar o sinal Wi-Fi em um dispositivo.

Sua rede

Sempre dizemos para você não conectar a redes públicas sem nenhuma proteção, mas, somente desta vez, vá em frente e encontre a mais próxima de você - pode ser na casa de um amigo ou na cafeteria do bairro - e veja se você consegue se conectar. Se conseguir, isso significa que o problema está na sua rede, não no dispositivo. Pule direto para a seção Como arrumar sua rede Wi-Fi e problemas de internet.

A própria internet

Mas e se seu dispositivo pode se conectar bem à sua rede, mas não acessa nenhum site? Primeiro, tente visitar uma gama diferente de sites para ter certeza de que o problema não está com eles (por exemplo, não há muito o que fazer se seu site favorito tiver sofrido um ataque DDoS), mas se nenhum site funcionar, vá direto a Como arrumar sua rede Wi-Fi e problemas de internet. Mas saiba que você pode simplesmente ligar para o seu provedor. 

Importante: se sua internet está funcionando mas está muito lenta, também há formas de acelerá-la.

Algumas coisas mais para checar

Antes de buscarmos soluções mais complexas, tente algumas medidas simples. Elas podem evitar bastante dor de cabeça.

» Verifique as luzes do seu roteador

Sério, dê uma olhada naquela caixa. Se alguma luz parece diferente, é um sinal de que alguma está errada. Se você não sabe o que poderia estar diferente, vale a pena ler o manual de instruções. Ele vai te dar uma pista sobre o que cada luz significa e o que você pode fazer em relação a qualquer problema.

» Chegue mais perto do roteador

Especialmente em casas grandes ou locais com muitas interferências, é possível que sua conexão sem fio não seja forte o suficiente para alcançar seu dispositivo. Se chegar mais perto ajudar, então há esperança! Há muitas formas como deixar o sinal da sua rede Wi-Fi mais forte.

» Conecte-se via cabo de Ethernet

Isso não funciona para a maioria dos smartphones, mas se seu dispositivo problemático tiver uma porta para Ethernet, ligue o cabo no seu roteador (a maioria dos roteadores vem com pelo menos uma) e coloque a outra ponta no seu dispositivo. Se a internet funcionar, você sabe que o problema estão no seu sinal sem fio... o que é um bom lugar parar começar.

» Isso é um problema constante ou casual?

Se sua rede cai aleatoriamente para voltar logo em seguida, isso provavelmente significa que seu roteador ou dispositivo tem algum software ruim causando o problema. Se isso acontece com todos os seus dispositivos, uma atualização no firmware do roteador pode ajudar (também é bom para a sua segurança) e se acontece com apenas um dispositivo, considere a atualização do driver de internet sem fio do aparelho. Mas vamos falar mais sobre isso no próximo parágrafo.

» O software e o hardware estão atualizados?

Pode ser difícil descobrir se seu software e hardware estão atualizados, especialmente se você não conseguir se conectar. Para software, é melhor e mais fácil instalar um atualizador de driver, que confere automaticamente seus drivers e instala qualquer atualização disponível. Mas se você não consegue se conectar, ou se o problema está comum hardware desatualizado, você vai precisar consultar um especialista que pode conseguir para você as partes necessárias ou instalar os drivers offline. 

O mesmo se aplica a problemas no roteador: enquanto é possível fazer manualmente a atualização do firmware do seu aparelho (vamos mostrar como mais adiante), você ainda pode precisar chamar o seu provedor de internet ou um especialista se não conseguir se conectar para baixar as atualizações de firmware ou caso o problema esteja no seu hardware.

» O sinal Wi-Fi está ligado?

A gente sabe que essa é uma pergunta boba, mas algumas vezes pode ser que aconteça de desligarmos o roteador ou acionarmos o modo avião sem querer. Faça uma checagem rápida, só para ter certeza que este não é o problema antes que você arranque outro fio de cabelo.

» Teste o ping

Quando você se conecta, muitos pequenos pacotes de dados são enviados a um servidor distante, que também envia outros pequenos pacotes de dados. É assim que seu PC se comunica com os sites. Fazer o teste de ping é uma forma de se certificar que todos aqueles pequenos pacotes estão indo para o seu destino, o que pode ser extremamente útil no diagnóstico do seu problema. Aqui vai como testar o ping:

Para o Windows 10

  1. Clique no botão Iniciar e digite “Cmd”. Isso deve abrir o aplicativo Command Promt, em que você deve clicar.
  2. Uma janela preta, quase toda vazia e com um cursor piscando aparece. Digite “ping” e, então, aperte a tecla espaço.
  3. Você está pronto para fazer o seu teste. Continue lendo o texto abaixo.

image1

Para Mac

  1. Abra o Spotlight e digite “Utilitário de Rede” na barra de busca.
  2. Clique duas vezes no aplicativo Utilitário de Rede para abri-lo.
  3. Encontre a guia do Ping, clique nela e depois encontre o espaço em branco para colocar o endereço da web. 
  4. Você está pronto para fazer o seu teste. Continue lendo.

 

OK. Daqui para frente você (tanto usuários de Windows quanto de Mac) pode digitar qualquer endereço de web que quiser para testar o ping. Porém, se você quiser diagnosticar o problema, seria bom testar esses três endereços:

  • 8.8.8.8: Este é o endereço de IP para o DNS (Domain Name Serve) público do Google. Se isso não funcionar, significa que as configurações TCP/IP do seu computador não estão funcionando. Para mais detalhes, confira a seção Como arrumar a Wi-Fi do seu dispositivo deste artigo.
  • 127.0.0.1: Este é o endereço de IP do seu próprio computador. Se isso não funcionar, significa que há algo de errado com o seu adaptador de rede ou configurações de conexão. Leia a seção Como arrumar sua rede Wi-Fi e problemas de internet.

Quando você fizer o teste, se funcionar, você receberá uma linha com letras e números que você realmente não precisa entender o que é. Se não funcionar, você recebe uma mensagem de erro que diz alguma coisa do tipo “Request timed out” (solicitação expirada), “Destination host unreachable” (Host de destino inacessível) ou “Transmit failed, error code #” (A transmissão falhou, erro de código). Se você receber essas mensagens ou alguma coisa parecida, você conclui o primeiro passo para identificar o problema.

Como arrumar sua rede Wi-Fi e problemas de internet

Certo, agora é hora de arregaçar as mangas e começar a resolver o problema do seu roteador. Mas muitas das soluções que vamos discutir precisam que você acesse o seu roteador. Assim, a primeira coisa que precisamos fazer é descobrir como fazer isso. Pronto?

» Primeiro, confira seu roteador

Se você tiver sorte, há um adesivo no seu roteador com endereço de IP e senha, que vão facilitar sua vida quando for acessar seus mecanismos internos. Se encontrou, digite o IP na barra de endereço do seu navegador preferido e, depois, insira o nome de usuário e senha que estão no adesivo. Se esta é a primeira vez que você faz isso, talvez o sistema peça que você atualize o nome de usuário e a senha. Certifique-se de que não vá esquecer essas informações: elas são muito importantes.

Mas caso você se esqueça, então...

E se eu não tiver o nome de usuário e a senha do meu roteador?

Antes de mais nada, verifique toda a papelada do roteador: muito provavelmente haverá algo como um manual com essas informações. Mas se você não puder encontrar, ou se você jogou todos esses papéis fora, não há nada a temer! Ainda há uma solução que você pode usar.

Acesse esta lista de roteadores e senhas padrão, encontre o modelo do seu aparelho e use o nome de usuário e a senha na lista. Se você não puder encontrar isso, tente “admin” como nome de usuário e a palavra “password” como senha. Há boas chances de que essa combinação funcione. Fato engraçado: esta lista também é um prova de como é importante atualizar o nome de usuário e a senha do seu roteador. Você nem precisa ser um cibercriminoso para pesquisar no Google uma lista de usuários e senhas padrão e, assim, bagunçar o roteador de alguém. 

Seguindo. Mas mesmo quando você ou alguém tenha atualizado o nome de usuário e a senha do roteador, mas você não consegue se lembrar, ainda assim há esperança. Procure pelo botão reset (redefinir) do seu roteador e o mantenha pressionado por cerca de 10 a 20 segundos. Isso fará com que o aparelho volte às configurações de fábrica, com nome de usuário e senha padrão. Também pode acontecer de que isso resolva o seu problema de conexão.

» Como descobrir o endereço de IP do seu roteador

OK, então não há adesivo nenhum para te ajudar. Não se preocupe. Isso só adiciona um passo extra ao processo.

Para Windows 10 PCs

  1. Clique no botão Iniciar no canto e digite “Verificar status da rede” (apenas digite, seu computador vai ler isso). Isso deve mostrar a opção Veja o status da rede e tarefas. Clique nela.
  2. No canto direito superior, você verá sua conexão com algumas barras representando a força do sinal. Clique no link ao lado disso. 
  3. Uma caixa de status de Wi-Fi irá aparecer . Clique no botão Detalhes.
  4. OK, você verá um monte de textos confusos agora. Ignore a maioria deles: tudo o que importa agora é a porta de saída padrão IPv4. Encontre-a, depois procure pelos números ao lado dela. Anote-os incluindo todos os pontos!

Para Macs

  1. Abra o Spotlight e procure por “Preferências do sistema”, Clique em Preferências do sistema
  2. Encontre o botão Rede e clique nele.
  3. Você deve ver algumas conexões na esquerda. Encontre aquela que você está atualmente conectado, certifique-se de que ela esteja realçada e de que a luz ao seu lado esteja verde. Depois clique no botão Avançado.
  4. Na guia TCP/IP, você vai ver a seção Roteador seguida de alguns números e pontos. Anote tudo, incluindo os pontos.

Assim que tiver seus números e pontos, que se referem ao endereço de IP do roteador, tudo o que você tem a fazer é abrir seu navegador e colocá-lo na barra de endereço. Isso o levará para a página de entrada do roteador. 

Não sabe as credenciais de acesso do seu roteador? Confira na seção acima

Então você sabe como entrar no seu roteador. Perfeito. Agora podemos começar a resolver o problema.

» Você desligou e ligou o aparelho?

A tecnologia é estranha. Algumas vezes, basta um tapinha no traseiro para tudo voltar ao normal. Desligue fisicamente o roteador e/ou modem e espere entre cinco e dez segundos, depois volte a ligá-lo. Dê um tempo para que os aparelhos aqueçam e veja se alguma coisa melhorou. Se sim, excelente! Estamos feliz por ajudar.

... Mas e se a internet continuar não funcionando e você tiver que ficar desligando e ligando a toda hora? Então, você tem um problema ainda maior. Você provavelmente vai precisar de um novo modem ou roteador.

» Mude o canal sem fio

Redes sem fio não são coisas mágicas. Elas dependem de canais para trafegar no ar. Assim, uns canais são melhores do que outros, especialmente em áreas congestionadas, em que há muitos dispositivos disputando espaço. Mudar o canal de operação da sua rede pode, além de corrigir a conexão Wi-Fi, deixá-la ainda mais rápida... Se você tiver sorte. 

De qualquer forma, acesse seu roteador usando os passos detalhados acima. Depois encontre a página Configurações sem fio. Gostaríamos de ajudá-lo a encontrar isso, mas cada roteador tem uma configuração diferente. Talvez você tenha que procurar um pouco. Assim que encontrar, verá que há diversas formas de ajustar o sinal sem fio. Por enquanto, encontre a opção que diz Canal. Ela provavelmente levará para o próximo menu suspenso e ter valores escritos em GHz. Preste atenção especial ao canal que você está no momento. 

Daqui, tente um novo canal - qualquer um serve - e aplique a mudança. Espere alguns minutos para ver se alguma coisa muda. Depois, tente de novo com um novo canal. 

Se você descobriu um novo canal que funciona, excelente. Aproveite a rede! Mas se essas mudanças não funcionaram, lembre-se de voltar ao canal em que começou antes de tentar outra coisa. Se não voltar, você pode acabar consertando sua rede e nem perceber, já que o que o novo canal que você deixou ligado não funciona.

» Atualize o firmware

A tecnologia depende tanto do hardware quando dos softwares para fazer seu trabalho. Quando os dois se unem, você tem o firmware, porque é um pouco “duro”, mas também é um pouquinho “mole”. Dando nome ao pico. Muitos dispositivos atualizam o firmware automaticamente ao detectar uma nova atualização disponível, mas roteadores tipicamente precisam ser atualizados manualmente, o que poderia resolver qualquer problema de conectividade que você esteja tendo. 

Primeiro, acesse seu roteador usando o método detalhado acima. Depois, você vai precisar procurar um pouco para encontrar a guia ou seção chamada Firmware, Atualização de roteador, Atualizar ou alguma coisa nesse sentido. Dependendo do seu roteador, isso pode ser diferente. Se não tiver certeza, de uma pesquisada para tirar as dúvidas. 

Quando você encontrar, deveria claramente listar a versão atual do firmware e ter um botão que diz alguma coisa como Checar, Escanear ou Atualizar. Dê um clique e veja se há algum firmware mais recente que você poderia instalar: algumas vezes ele baixa e atualiza para você. Outras, pede para clicar em algum link para fazer isso manualmente. É só seguir as instruções.

Mas vamos dizer que você não consegue encontrar a página de firmware ou que não há botões úteis. Não se desespere. Cheque novamente no modelo do seu roteador, depois vá até o site do fabricante. Ele deve ter uma página de suporte ou site onde você possa baixar a versão mais recente de seu firmware. E se eles não tiverem? Bem, nesse caso o seu roteador não deve ser dos melhores. 

Considere comprar um, hoje.

» Confira os cabos

Vá a seu roteador e confira se tudo está em seu devido lugar. Se não estiver, ajuste isso e veja se as coisas voltam a funcionar novamente.

Com sorte, isso é tudo sobre o assunto.

» Confira as configurações de DHCP

O DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) é um sistema que distribui endereços de IP pela rede de forma rápida e automática. Endereços de IP são importantes parque são a chave para permitir que dispositivos se conectem e se comuniquem pela internet. Se houver alguma coisa de errado com o seu DHCP, o funcionamento da sua internet não será bom, se é que vai funcionar. 

Primeiro, temos de que nos certificar que ele está conectado.

Para o Windows 10

  1. Abrir o menu Iniciar e digitar “Configurações”. Clique no botão Configurações.
  2. Depois clique em Rede e internet
  3. Se você estiver em uma rede sem fio, clique na guia Rede sem fio, que fica na esquerda. Se está conectado via Ethernet, clique na guia Ethernet.
  4. Você deve ver sua conexão atual. Clique nela e espere uma nova janela se abrir.
  5. Sob Configurações de IP, você vai ver uma opção de atribuição de IP. Se disser Automatic (DHCP), está ligada. 
  6. Se não estiver, clique no botão Editar abaixo dela e selecione Automático (DHCP)
  7. Veja se sua internet está melhor.

Para Mac

  1. Abra o Spotlight e procure por “Preferências do sistema”. Clique em Preferências do sistema.
  2. Encontre e clique no botão Rede.
  3. Certifique-se que sua rede está realçada e que tenha um ponto verde ao lado. Depois, clique no botão Avançado.
  4. Clique na guia TCP/IP.
  5. A primeira opção que você deve ver é Configurar IPv4. Se no momento não estiver mostrando Usando DHCP, clique no menu suspenso e selecione essa opção.
  6. Veja se sua internet está melhor.

Se isso não funcionar, ainda há mais uma coisa que você pode fazer: ajustar como o DHCP funciona no seu próprio roteador. Mas isso pode ser feito como último recurso, ou alguma coisa para tentar antes de apelar para a restauração completa das configurações do roteador para o padrão de fábrica (o que vamos abordar na próxima seção), a não ser que você realmente saiba o que está fazendo. 

Primeiro, acesse seu roteador usando os passos detalhados acima. Depois, vá fuçando até encontrar as configurações do roteador. Cada roteador é configurado diferentemente. Então, você pode precisar procurar um pouco até encontrá-lo. Assim que encontrar, você pode tentar encontrar algo chamado “Configurações do Servidor DHCP”. Aqui, você pode ligar e desligar isso e fuçar com outras coisas, que podem incluir...

  • Endereço de IP inicial: esse é o endereço de IP do seu roteador. Mudar isso não ajuda, então deixe do jeito que está.
  • Máximo # usuários: basicamente decide quantos endereços de IP o DHCP pode suportar de uma vez. Se você tiver 50 vizinhos muito invasivos, talvez seja melhor baixar esse número. Caso contrário, pode deixar isso com o valor padrão.
  • Faixa de Endereços IP: ligada ao número máximo de usuários, isso vai mostrar o alcance do número que o DHCP desenhará quando estiver distribuindo novos endereços de IP. Se você notou que o alcance possível é menor do que o número máximo de usuários, alguma coisa está errada. Isso significa que um endereço de IP está se sobrepondo, o que pode causar problemas.
  • Tempo de Concessão de Cliente: O Tempo de Concessão de Cliente permite que você defina o tempo máximo que um dispositivo mantém um determinado endereço de IP antes que ele seja renovado, substituído ou completamente eliminado. Se você tem muitos dispositivos na sua rede, pode ser que você precise de um tempo de concessão mais curto. Assim, os endereços de IP não ficam atolados. Se você tem poucos dispositivos, um tempo de concessão mais longo pode ajudar as coisas a rodarem melhor. Isso pode ajudar a corrigir alguns problemas com a conectividade irregular. 
  • Reserva de DHCP: Isso permite que você “reserve” um endereço de IP específico dentro do seu alcance para um dispositivo específico. Se você decidir configurar um, você também vai precisar do endereço físico (ou MAC) dos seus dispositivos. Você pode encontrá-lo em Propriedades da sua rede sem fio ou da sua conexão de Ethernet.

Mas de novo: você deve deixar tudo isso como último recurso.

» Redefina seu roteador para o padrão de fábrica

Um tipo versão extrema do desligar e ligar, esse recurso retoma as configurações de fábrica do seu roteador. Se o roteador começou a dar problema recentemente, isso pode solucionar a questão, mas se você fez alguma mudança na configuração do seu roteador, tudo isso será perdido. 

É bem fácil fazer. Todo roteador tem o botão Reset, que as vezes vem como um pequeno buraco escondido na parte de trás do aparelho. Você vai precisar de um alfinete ou algo do tipo para alcançá-lo. Encontre-o. Pressione e segure por entre 10 e 20 segundos. Isso deve ser o suficiente. Espere até que o roteador faça uma autoconfiguração e veja se os problemas acabaram.

» Brinque com seu adaptador de rede

Se você fez o teste de ping mencionado anteriormente e recebeu uma mensagem de erro ao tentar fazer o ping com o seu próprio endereço de IP, pode significar que o adaptador da sua rede esteja desarranjado. Normalmente, reiniciar seu computador ou habilitar o DHCP (ver acima) soluciona isso, mas algumas vezes isso pode não ser suficiente.

Atualize os drivers

Uma coisa que você pode tentar é atualizar o driver do adaptador de rede. Macs fazem isso automaticamente, mas no Windows o processo também é bastante tranquilo. Porém, você vai precisar acessar a internet. Apenas aperte o menu Iniciar, digite “gerenciador de dispositivo” e clique no botão Gerenciador de Dispositivo para exibir. Role a página até a opção Adaptadores de rede, clique ali e, depois, clique no seu adaptador. Você deve conseguir verificar qualquer atualização e instalar todos os drivers novos.

Faça uma limpeza

Se você estiver em um computador de mesa, você pode tentar abrir o gabinete da sua máquina e desconectar o adaptador de rede.  

Um adaptador sem fio se parece com isso:

image2

E um adaptador com fio se parece com isso:

image3A forma mais segura de identificá-lo é saber onde ele está ligado. Se conta com uma porta apontando para fora, onde você poderia prender uma antena (como no primeiro exemplo) ou conectar um cabo de Ethernet (como no segundo), que, no caso, é o que você está procurando. Se você se sente confortável fazendo isso, tente desligar seu computador completamente (e eu quero dizer completamente mesmo, sem fios na tomada ou modo soneca), removendo o adaptador de rede para limpá-lo com algum ar comprimido. E realmente precisa ser ar comprimido. Se você usar um pano ou o aspirador de pó, pode danificar alguma parte. 

Conecte de novo, ligue o PC e veja o que acontece. Mas mesmo que não tenha funcionado, pelo menos você tem um PC um pouquinho mais limpo. 

Também é tecnicamente possível fazer isso com laptops, mas não recomendaríamos, a não ser que você seja muito bom. Isso também pode acabar com a garantia de fábrica da Apple, caso esteja usando um Mac.

» Contate seu provedor de internet

Certo. Se nada disso funcionou, só te resta fazer isso. É hora de ligar para o seu provedor de internet e pedir ajuda. A gente sabe que isso é chato, mas temos que fazer o que é preciso.

Além disso, se você tentou alguns dos passos acima, sem dúvida você vai economizar tempo e dor de cabeça. Agora, você pode explicar para a pessoa com quem você está falando tudo o que já tentou, tornando muito mais fácil para eles descobrirem o problema e oferecerem sugestões úteis.

Como arrumar o Wi-Fi em um dispositivo

Então o problema não está no seu roteador. Ótimo. Solucionar o problema de Wi-Fi em um dispositivo individual pode ser muito mais fácil (na maior parte do tempo). Então pegue o dispositivo problemático e vamos tentar uns velhos truque.

» Redefinir seu dispositivo

Não, não quis dizer para você fechá-lo para abrir novamente, ou só colocá-lo no modo soneca. Quero que você o desligue e depois volte a ligá-lo. Você ficaria surpreso com a frequência com que isso resolve não apenas problemas com Wi-Fi, mas todos os tipos de problemas com tecnologia. E também é super fácil de fazer. Então vale a pena tentar isso antes de qualquer outra coisa. 

Se não ajudar, você também pode tentar alguns truques para limpar e acelerar seu PC, o que pode ser exatamente o que seu PC precise para fazer o Wi-Fi funcionar novamente.

Que tal uma redefinição de fábrica?

Se seu dispositivo costumava se conectar com a internet, mas agora não se conecta mais, uma redefinição de fábrica pode solucionar a questão, mas somente se o problema é com o software e não com o hardware. Porém, isso vem ao custo de todos os arquivos pessoais salvos na máquina e levará um tempo considerável para ser feito. Então só faça isso se você já fez uma cópia de segurança de todos os seus arquivos e já tentou tudo o que foi possível. 

Por outro lado: se você fizer essa redefinição de fábrica e ainda assim não for bem sucedido, você saberá com certeza que se trata de um problema com o hardware... E se você pretende adquirir um novo dispositivo, então o atual já estará em um estado seguro para reciclagem. Silver linings!

Para o Windows 10

  • Abrir o menu Iniciar e digite primeiramente “reset”.
  • Clique em Redefinir este PC.
  • Na seção Redefinir este PC, clique em Começar
  • Você terá a opção de manter ou não seus arquivos pessoais. Sugerimos que você tente mantê-los primeiro, mas certifique-se de ter uma cópia de segurança pronta.
  • Sua redefinição vai começar. Tome cuidado para que seu PC não fique sem energia, caso contrário você corre o risco de causar erros.

Para Mac

  1. Primeiro, veja se você fez as cópias de segurança. 
  2. Desautorize sua conta do iTunes assim como qualquer outro aplicativo de terceiros que têm instalações limitadas, porque uma redefinição do Mac pode contar como uma nova instalação. 
    1. Isso é muito fácil de fazer com o iTunes: abra o aplicativo e depois clique em Conta.
    2. Clique em Autorizações, depois em Desautorize Este Computador.
    3.  Digite suas credenciais de acesso e você estará pronto para continuar.
  3. Abra seu Mac em modo de recuperação fazendo uma reiniciação dele mantendo as teclas “Command” e “R” pressionadas enquanto o processo começa. 
  4. Clique em Utilidade de Disco
  5. Selecione o volume principal, depois clique em Desmontar e Apagar.
  6. Saia, depois siga as instruções para reinstalar seu sistema operacional. 

Para Android

  1. Faça uma cópia de segurança dos seus dados (é muito fácil fazer isso na nuvem).
  2. Toque na gaveta de aplicativos.
  3. Localize e toque no ícone Configurações.
  4. No painel esquerdo, toque em Backup e redefinição.
  5. No painel direito, desmarque a caixa de seleção Fazer backup de meus dados e Restauração automática. Caso contrário, depois de fazer a redefinição de fábrica, todos seus dados poderão ser restaurados.
  6. Em seguida, toque na opção Redefinição de fábrica e siga as instruções. 

Para iOS

  1. Vá para Geral.
  2. Depois vá para Configurações. Você encontrará uma opção chamada Apague todo o conteúdo e configurações. Toque nela.
  3. Procure por uma opção chamada Apague todo o conteúdo e configurações
  4. Clique nela, depois insira suas credenciais. 
  5. Seu smartphone será redefinido.

» Faça um diagnóstico da rede

Diagnósticos da rede, ou solução de problemas, têm uma reputação ruim, mas não injusta, por serem moderadamente inúteis. Mas elas são fáceis de fazer, inofensivas e podem solucionar o seu problema. Então vale a pena tentar.

Para o Windows 10

  1. Clique com o botão direito no símbolo de “internet sem fio” no canto inferior direito da sua tela.
  2. Clique me Solucionar problema.
  3. Siga as instruções.

Para Mac

  1. Vá para o seu menu Apple e clique em Preferências de sistema.
  2. Clique em Assistência, depois clique no botão Diagnóstico. Isso vai abrir a ferramenta Diagnóstico de Rede.
  3. Clique em Continuar e siga as instruções.

Macs também podem rodar diagnósticos muito mais profundos, o que pode resolver o seu problema.

  • Se você tiver alguma coisa conectada ao seu Mac que não seja o mouse, teclado, monitor, cabos de energia e de Ethernet, é melhor desconectar.
  • Desligue seu Mac e, depois, ligue-o pressionando a tecla “D”.
  • Segure-a até que você veja na tela uma pergunta sobre sua língua. Escolha uma, preferivelmente uma que você entenda. 
  • A máquina levará alguns minutos testando algumas coisas. Siga as instruções na tela.

Para Android e iOS

Se o seu Android ou iPhone não se conectar à rede Wi-Fi, esse não é um bom sinal: nenhum sistema operacional móvel vem com ferramentas integradas de diagnóstico de rede. Mas você pode baixar um aplicativo que serve para a mesma coisa. Para Android, tente o Network Analyzer. No iPhone, você pode usar o Pingify.

» Cheque a sua senha de Wi-Fi

Não é completamente estranho que um dispositivo se esqueça de uma senha Wi-Fi que você tenha acabado de criar. Isso, normalmente, é resultado de algum bug ou erro. Então, tente voltar às configurações sem fio e checar se tudo ainda está do jeito que deveria.

É tecnicamente possível fazer isso em dispositivos Android e iOS, mas ou você precisa: a) Root e/ou Jailbreak seus dispositivos, o que é arriscado e pode acabar com sua garantia; ou b) baixar aplicativos que não estão disponíveis nas “vitrines” das lojas, já que eles violam termos e serviços, oferecendo risco de segurança. Desse jeito, vamos apenas mostrar como fazer isso no Windows e no Mac.

Para o Windows 10

  1. Clique no botão Iniciar e digite “Status da rede”. Clique na opção Ver status e tarefas da rede.
  2. No canto direito superior, você verá sua conexão com algumas barras representando a força do sinal. Clique no link ao lado. 
  3. Uma caixa de status de Wi-Fi irá aparecer. Clique em Propriedades sem fio.
  4. Clique na guia Segurança.

  5. Lá, você encontra o seu tipo de segurança, assim como sua senha. Clique em Mostrar caracteres e certifique-se de que a senha combina com seus registros.

Para Mac

  1. Abra a busca do Spotlight e digite “Streaming Access”. Clique no aplicativo que aparecer.
  2. Você deveria ver algumas categorias no canto inferior esquerdo. Certifique-se de que a área Senhas está realçada, depois clique duas vezes na sua rede. Você pode usar a busca no canto para encontrá-la, se você souber o nome.
  3. Clique Mostrar senha na parte de baixo da tela. Você pode precisar inserir o nome de usuário do administrador e a senha. 
  4. Confira se a senha combina com seus registros. Se não, atualize e tente novamente.

» Redefinir as configurações do seu TCP/IP

Se você fez o teste de ping mencionado acima e não conseguiu acessar o DNS público do Google, então você precisa fazer isso. Também vale a pena fazer isso de qualquer forma, já que não é algo que vai prejudicar seu PC ou Mac.

Para o Windows 10

  1. Abra o menu Iniciar e busque por “cmd”. 
  2. Clique com o botão direito no Prompt de comando e depois clique em Executar como administrador. 
  3. Uma janela preta com um cursor piscando irá abrir. Digite “netsh int ip reset” (sem aspas) e clique Enter.
  4. Espere um pouco para que finalize de rodar e, então, reinicie seu PC. Veja se isso ajuda.

Para Mac

  1. Clique no ícone da Apple no canto superior direito e clique em Preferências do sistema.
  2. Selecionar Rede.
  3. Encontre sua rede atual, certifique-se de que ela esteja realçada, depois clique em Avançado.
  4. Encontre a guia TCP/IP, clique nela, depois clique em Renovar tempo de concessão DHCP
  5. Clique em OK e veja se funciona.

»Remova e adicione novamente a rede sem fio

Esse passo é parecido com a reiniciação da rede: algumas vezes seu dispositivo apenas precisa de uns tapinhas para voltar a funcionar. Também é muito fácil de fazer.

Para Windows

  1. Clique com o botão esquerdo no símbolo de internet sem fio no canto inferior direito da sua tela.
  2. Todas as redes sem fio disponíveis irão aparecer. Clique com o botão direito na sua conexão atual e clique em Esquecer.
  3. Você perderá sua conexão, mas se checar a lista de redes sem fio disponíveis, ela ainda deveria estar lá.  
  4. Clique com o botão esquerdo e pressione conectar. Você pode ter que colocar suas credenciais de acesso novamente. 
  5. Veja se funciona.

Para Mac

  1. Clique no ícone sem fio no topo da tela e selecione Abrir Preferências de Rede.
  2. Marque a opção Wi-Fi na lista da esquerda, depois clique no botão Avançado.
  3. Clique na guia Wi-Fi e depois encontre sua conexão atual na lista de Redes Preferenciais. 
  4. Clique nela e, a seguir, na guia - na parte inferior da tela. Depois, no botão Remover na janela pop-up a seguir.
  5. Clique em OK para sair do menu, clique em Aplicar e, depois, tente se conectar novamente à rede clicando no botão Wi-Fi no canto superior direito da tela. Você pode ter que colocar suas credenciais de acesso novamente.

Para Android

  1. Toque no ícone Configurações.
  2. Toque Wi-Fi.
  3. Encontre sua conexão atual, toque e segure até que novas opções apareçam. Clique em Esquecer rede.
  4. Tente se reconectar à rede e veja se isso ajuda. Você pode ter que colocar suas credenciais de acesso novamente.

Para iOS

  1. Toque no aplicativo Configurações.
  2. Toque em Wi-Fi.
  3. Toque no botão i minúsculo próximo à sua rede. 
  4. Pressione Esquecer esta rede, depois feche suas configurações. 
  5. Tente se reconectar à rede e veja se isso ajuda. Você pode ter que colocar suas credenciais de acesso novamente.

» Limpar cache do navegador web

O cache do navegador é um pequeno tesouro de dados do site que pode ajudar a carregar suas páginas mais rapidamente. Ele também interfere com sua conexão se algo estiver errado. A limpeza do cache do navegador é algo feito pela base do navegador. Então encontre seu navegador preferido na lista abaixo. Por sinal, limpar seu navegador também o torna mais seguro. Mesmo que esses passos não resolvam o problema da sua rede Wi-Fi, ainda assim vale a pena fazê-los.

Google Chrome

  1. Primeiro, abra o Chrome.
  2. Clique nos três pontos no canto superior direito.
  3. Clique em Histórico, depois no menu ao lado, em Histórico… de novo.
  4. Isso deve abrir uma guia nova. Olhe à esquerda e encontre Limpar dados de navegação. Você pode encontrar isso com as três barras no topo também. 
  5. Outra nova guia será aberta, bem como um pop-up. Altere o menu suspenso para Todo o período e marque a caixa ao lado de Imagens e arquivos armazenados.
  6. Clique em Limpar dados e veja se isso ajuda.

Firefox

  1. Obviamente, comece abrindo o Firefox.
  2. Na barra de menus, clique em Histórico.
  3. Clique em Limpar histórico recente.
  4. Marque Cache e verifique se o menu suspenso na parte superior indica O tempo todo.
  5. Clique em Limpar agora e veja se isso ajuda.

Microsoft Edge

  1. Abra o Microsoft Edge. 
  2. Clique nos três pontos à direita do campo de endereço da web.
  3. Clique em História, com o ícone seta de relógio.
  4. Clique em Limpar histórico.
  5. Certifique-se de que a opção Cache de dados e arquivos está marcada. Depois clique em Limpar.

Opera

  1. Abra o Opera. 
  2. Abra o menu Opera no canto superior esquerdo da sua tela.
  3. Passe o cursor por História e clique em Limpar dados de navegação.
  4. Clique em Cache de imagens e arquivos, depois clique em Limpar dados
  5. Veja se isso ajuda.

AVG Secure Browser

  1. Abra o navegador.. 
  2. Clique nos três pontos no canto superior direito da tela e clique em Histórico.
  3. Isso vai abrir uma guia nova. Encontre Limpar privacidade na guia e clique ali.
  4. Outra nova guia será aberta em uma pop-up. Altere o menu suspenso para Desde o começo e veja se a caixa ao lado de Cache de imagens e arquivos está marcada.
  5. Clique em Limpar dados de navegação e veja se isso ajuda.
     

» Para dispositivos móveis

Sim, lá vamos nós de novo.

Firefox

  1. Abra o aplicativo. 
  2. Clique nos três ponto no canto.
  3. Toque em Configurações e, depois, vá até Limpar dados pessoais. 
  4. Certifique-se de que a opção Cache está marcada.
  5. Toque em LIMPAR DADOS.
  1. Pronto!

Google Chrome

  1. Abra o aplicativo.
  2. Clique nos três pontos no canto direito.
  3. Toque em Histórico, depois em Limpar dados de navegação… na parte superior da janela nova.
  4. Altere o intervalo de tempo para Tudo.
  5. Veja se a opção Cache de imagens e arquivos está marcada, depois clique em Limpar dados.
  6. Veja se isso ajuda.

Microsoft Edge

  1. Abra-o.
  2. Clique naquela barra com estrela no lado superior direito.
  3. Clique na setinha com relógio. Agora é a quarta opção da direita.
  4. Clique no ícone da lixeira e confirme que deseja limpar seu histórico.
  5. Altere o intervalo de tempo para Tudo depois veja se a opção Cache de imagens e arquivos está marcada.
  6. Clique em Limpar e pronto!

Opera

  1. Abra o app. 
  2. Encontre o botão para menu “O” no canto inferior direito e toque nele. 
  3. Clique no ícone relógio, que é seu Histórico, depois toque no ícone de lixeira no canto superior direito. Confirme que você deseja limpar seu histórico de navegação.
  4. E isso é tudo. Veja se isso ajuda.

» Remova apps e plugins problemáticos

Algumas vezes, aplicativos e plugins instalados recentemente podem ser a fonte dos seus problemas, especialmente se eles atrapalham a internet ou, queira Deus que não, sejam malwares disfarçados. Purificar seu sistema desses males pode ser o suficiente para recuperar sua internet. Você pode começar desinstalando os últimos aplicativos e plugins instalados antes de o problema começar (vamos falar sobre isso em um segundo) ou você pode tentar ser mais preciso e identificar quais aplicativos podem ter causado a questão. Felizmente, há uma forma fácil de checar quais aplicativos podem ter sido o problema: nosso velho amigo, o gerenciador de tarefas. 

Para PCs, você pode abrir o gerenciador facilmente. É só pressionar as teclas ctrl + shift + esc ao mesmo tempo. A partir deste ponto, você verá muitos processos: mas você só precisa prestar atenção à categoria no canto direito, Rede. Você vê uma grande porcentagem acima disso? Se sim, baixe e veja quais aplicativos estão exigindo muito da sua rede. Se não, seu problema é outra coisa.

Para Macs, o Monitor de Atividade serve para a fazer a mesma coisa. Você pode encontrá-lo no Spotlight ou nas pasta de Utilidades. Uma vez aberto, você deve tocar na guia Rede, no topo da página. Veja se algum dispositivo está consumindo muito espaço da sua rede: se encontrar, aí está o seu problema. Caso contrário, isso não vai ajudá-lo a arrumar sua rede Wi-Fi. 

Para Androids, o processo é um pouquinho mais complicado. Não há jeito fácil de ver quais aplicativos estão atrapalhando sua conexão, então você vai precisar de ajuda de um aplicativo de um desenvolvedor independente. Recomendamos o GlassWire

Para iOS, comece abrindo suas Configurações, depois clique em Celular. Encontre a seção com seus aplicativos listados ao lado de um monte de disjuntores. Ali, você também pode ver o volume dados usado por cada um. Veja se algum aplicativo está usando muito mais dados do que parece razoável. Há uma grande chance de que esse seja seu aplicativo problemático.

Mas não é suficiente apenas encontrar esse app: também é preciso removê-lo. Então...

Para Windows 10

  1. Abra o menu Iniciar.
  2. Digite “Add”. A primeira sugestão listada deveria ser Adicionar ou remover programas. Clique nela.
  3. Aqui, você vai ver todos os programas que você pode remover. Encontre aquele que você não gosta mais, clique nele e, depois, em [Desinstalar]. 
  4. Siga as instruções e veja se isso ajuda.

Para Mac

  1. Encontre com o Spotlight o ícone ou o aplicativo que você não quer mais.
  2. Clique nele, depois o arraste para o ícone de lixeira. 
    1. Você também pode usar o atalho no teclado pressionando o símbolo do Mac e o backspace.
  3. Clique com o botão direito na lixeira e clique em Esvaziar lixeira.
  4. É isso! 

Para Android

  1. Coloque seu dedo no ícone do aplicativo.
  2. Arraste-o até que ele alcance o topo da tela.
  3. Muito bem. 
    1. Se você não pode encontrar o aplicativo problema na sua tela principal, vá até Configurações.
    2. Role a página para baixo e toque em Gerenciar aplicativos.
    3. Encontre o aplicativo problema e toque nele.
    4. Se ele não faz parte dos apps essenciais, deveria haver uma opção para desinstalá-lo.

Para iOS

  1. Encontre o aplicativo que não gosta.
  2. Mantenha seu dedo nele. Logo ele começa a se mexer. Espere até que todos os aplicativos comecem a mexer também.
  3. Clique no x que aparece no canto. 
  4. Confirme que você quer apagar o aplicativo. 
    1. Se você não pode encontrar o ícone desse jeito, vá até as suas Configurações.
    2. Vá para Geral, depois encontre Armazenamento do iPhone.
    3. Selecione o aplicativo que você não quer mais e, depois, escolha Apagar App.

Mesmo que você não encontre nenhum app que esteja causando muito problema, seus programas ainda podem acumular arquivos residuais e outros dados inúteis que retardam as coisas no seu sistema. Livrando-se disso tudo não vai te ajudar com o seu sinal Wi-Fi, mas pode ajudar o seu navegador a funcionar melhor.

» Atualize seu dispositivo e drivers

Há duas formas diferentes, mas ambas envolvem atualização. Então vamos colocá-las juntas.

Atualização de drivers

Drivers desatualizados podem causar todos os tipos de problemas para o seu PC, incluindo interferir com sua habilidade de reconhecer um sinal sem fio... mas alternativamente, algumas vezes uma atualização ruim do seu driver pode bloqueá-lo até que o desenvolvedor lance uma correção. 

Macs, Androids e iOs contam com atualização automática. Não há muito que você possa fazer aqui. Por outro lado, PCs ainda precisam de atualizações manuais, o que vai, naturalmente, precisar de uma conexão com a internet ou a contratação de um especialista para entregar atualizações em um cartão USB. 

Enquanto o uso de um software atualizador de driver seria a melhor coisa a se fazer (como o AVG Driver Updater), é completamente possível fazer isso por você mesmo. Apenas abra o menu Iniciar, digite “gerenciador de dispositivo” e clique no botão Gerenciador de Dispositivo para exibi-lo. Aqui você vai ver todos os tipos de dispositivos que têm drivers: qualquer um deles pode precisar de atualizações, mas você deve focar especificamente em Adaptadores de rede, Computador, Drives, Bluetooth, Proximity e Dispositivos de Sistema. Qualquer coisa que se pareça com isso pode estar relacionado à sua rede sem fio. 

Mas e se o atualizador de driver for o problema?

Francamente, se o problema estiver ligado à atualização recente de driver, é improvável que você vá conseguir corrigir o problema. Alguns softwares de atualização de drivers (como o AVG Driver Updater) conta com a funcionalidade que pode desfazer uma correção problemática, mas para Android, iOS, Mac ou atualizações manuais de dispositivos Windows, tudo o que você pode fazer é esperar até que uma nova atualização seja lançada. Mas ela deve ser lançada rapidamente. Confira o site ou algum outro lugar para ver se um driver defeituoso pode estar por trás dos seus problemas de Wi-Fi. Em caso positivo, você não deve estar sofrendo sozinho.

Teste o AVG Driver Updater Gratuitamente

 

Atualize seu dispositivo

Certo, já falamos bastante sobre drivers. Que tal agora atualizar o próprio dispositivo? Isso pode ajudar de vez em quando, apesar que assim como os drivers, você também vai precisa estar ligado à internet para fazer isso funcionar.

Para Windows 10
  1. Abra o menu Iniciar.
  2. Digite “Atualizar” e clique em Checar Atualizações.
  3. Clique no botão Checar por Atualizações novamente. 
  4. Siga as instruções e veja se isso funciona.
Para Mac
  1. Vá para o seu menu Apple e clique em Preferências de sistema. 
  2. Clique em Atualizações de Software. 
  3. Isso fará o trabalho. Siga as instruções na tela.
Para Android
  1. Clique em Configurações.
  2. Role a página para baixo até Sistema. Depois, clique em Atualizador.
  3. Clique no botão Checar por Atualizações.
  4. Siga as instruções que podem aparecer.
Para iOS
  1. Clique em Configurações.
  2. Encontre o Atualização de Software em Geral.
  3. Se houver alguma disponível, o sistema vai te avisar e te dizer como instalar.

» Esvazie o seu cache DNS

Assim como o cache do seu navegador, o cache do DNS é uma pasta temporária onde seu computador salva dados de sites para que carreguem mais rápido. Uma limpeza aqui pode ser a ajudinha que seu dispositivo precise para voltar a se comportar normalmente.

Para Windows

  1. Primeiro, feche completamente todos os seus navegadores. 
  2. Clique no botão Iniciar e digite “Cmd”. Clique em Comando do Prompt.
  3. Você verá uma grande janela preta. Digite “ipconfig /flushdns” (sem as aspas). 
  4. Pressione Enter.
  5. Veja se os navegares funcionam agora.

Para Macs

  1. Primeiro, feche o seu navegador. 
  2. Abra o Spotlight e procure por “Terminal”. Clique no aplicativo Terminal
  3. Digite ou copie e cole esse comando no seu terminal: 
    1. sudo killall -HUP mDNSResponder;say O cache do DNS foi limpo.
  4. Tecle enter. Talvez você tenha que inserir sua senha. 
  5. Veja se seu navegador funciona agora.

Para Android

  1. Primeiro vá até suas configurações, depois baixe até Gerenciar Aplicativos. Toque ali.
  2. Encontre seu navegador na lista e toque nele.
  3. Agora, toque no botão Limpar cache.
  4. Faça isso em todos os navegadores que você tenha e veja se ajuda.

Para iOS

É super fácil para você: Tudo o que precisa fazer é ativar o modo avião e, depois, desativar novamente. Assim, você limpa automaticamente o cache DNS. Se não funcionar, você pode tentar um jeito um pouco mais duro de limpar o cache DNS: uma redefinição de rede.

  1. Vá para Configurações e, depois, para Geral. Clique em Redefinir.
  2. Encontre e toque em Redefinir Configurações de Rede. Isso vai limpar o cache do DNS e redefinir as configurações de rede para como elas eram quando você comprou o dispositivo. Isso também pode ajudar a solucionar o problema.
  3. O dispositivo inteiro será reiniciado. Quando ele se reiniciar novamente, veja se algo funciona melhor.

» Desabilite seu antivírus ou firewall

Muito raramente, configurações intrusivas de firewall ou um bug no seu antivírus podem se meter no caminho da sua conexão de internet. Obviamente você não deve ficar sem nenhuma dessas ferramentas de segurança essenciais... Mas se você desabilitá-las temporariamente e perceber que sua internet está funcionando novamente, ao menos você descobriu onde está o problema.

Nesse caso, sua melhor aposta é ou desinstalar completamente e reinstalar o seu antivírus, o que deve redefinir todas as configurações e resolver o problema. Dito isso: se o firewall e antivírus problemático é o Windows Defender, você não pode exatamente desinstalar e reinstalá-lo novamente, já que ele está integrado a todo dispositivo Windows. Neste caso, você terá que desabilitá-lo temporariamente por tempo suficiente para baixar outro antivírus (podemos sugerir o AVG?), que o Windows Defender irá adiar por padrão, o que pode solucionar o problema.

  1. Abra o aplicativo Windows Defender. Você provavelmente o verá como um ícone no canto inferior direito. Você também pode encontrá-lo no menu Iniciar.
  2. Clique na engrenagem no canto superior direito do aplicativo para ir a Configurações.
  3. Encontre a opção chamada Proteção em tempo de real. Desligue-a. 
  4. Agora, vá até o menu Inciar novamente e procure por “configurações”. Clique em Configurações.
  5. Clique em Atualização e Segurança.
  6. Clique em Segurança do Windows na lista da esquerda. Depois, clique em Firewall e proteção de rede.
  7. Selecione sua rede, depois desligue o Windows Firewall. 
  8. Corra e instale um novo antivírus!

Baixar o AVG AntiVirus FREE

 

Ainda com problemas?

Se você seguiu todos os passos deste artigo e não conseguiu resolver seu problema, então você pode estar com um sério problema. Mas não se preocupe, ainda temos um último truque guardado na manga: o Suporte Técnico AVG. Nossos especialistas irão diagnosticar seu problema sem custo nenhum. E se precisar de nossa ajuda para solucionar a questão, também podemos fazer isso por uma pequena taxa. E podemos resolver qualquer problema em qualquer dispositivo, não apenas em dispositivos sem fios. Então, da próxima vez que se encontrar encrencado com tecnologia, não espere para entrar em contato com a gente.

Finalizando

Tudo o que faz com que a tecnologia seja fantástica, também pode torná-la frustrante e confusa quando não funciona direito. É irritante quando nos vemos desconectados em um mundo todo conectado. Mas com uma ajudinha de especialistas, um pouco de coragem e muita paciência, você pode conseguir arrumar até os problemas mais incômodos.

E lembre-se: se você estiver frustrado - dê uma caminhada, leia um livro, faça alguma coisa para relaxar e respire fundo. É bom para a alma e, quem sabe, te dá um pouco mais de tempo para solucionar seu problema.

Porque, reforçando, tecnologia pode ser um pouco esquisita as vezes.

AVG Driver Updater Experimente GRÁTIS