VPNs (redes privadas virtuais) mantêm sua privacidade na internet ao disfarçar e ocultar seu IP e os dados que você envia ou recebe. Embora sejam geralmente usadas para streaming e conexões seguras em um ambiente empresarial, muitas empresas de VPN têm visado gamers como o novo público a conquistar. Geralmente, eles fazem declarações arrojadas sobre a melhoria que a VPN traz à latência de jogos ou ao fato de que ela os permite a jogar fora de sua cidade de residência.

Como gamer, fiquei curioso sobre seu uso e me aprofundei um pouco mais. Parece que muito disso é “papo de marketing”, que vamos examinar neste artigo. Mas não são apenas ilusões, pois você verá que uma VPN pode realmente ajudar em alguns casos.

Vamos conferir algumas declarações e descobrir se são verdadeiras ou falsas (ou algo entre os dois).

Usar uma VPN para jogos ajuda a:

  1. Melhorar a latência e reduzir o ping com a utilização de uma conexão de servidor mais rápida.
  2. Superar bloqueios geográficos e jogar jogos multiplayer não disponíveis ao viajar
  3. Baixar, comprar e jogar jogos sem levar em consideração o país em que você está. Ter acesso a jogos que ainda não estão disponíveis.
  4. Garantir que seus dados estejam em segurança durante os jogos
  5. Criptografar o tráfego do jogo e ficar anônimo
  6. Proteja-se contra ataques DDoS, especialmente importante em jogos competitivos e torneios online.

Mito 1 - Uma VPN vai melhorar sua jogabilidade

Jogos multiplayer existem há mais de duas décadas e estão atingindo novos patamares com títulos como Fortnite e Playerunknown’s Battlergrounds (PUPG). Uma captura de tela de um motociclista do jogo PlayerUnknown's BattlegroundComo gamer online, existe uma coisa que conta: uma conexão estável com baixa latência. Algumas empresas de VPN dizem que ao conectá-lo com um de seus servidores mais próximo do servidor do jogo, podem ajudá-lo a reduzir o tempo de ping e o atraso geral ao jogar PUBG, Dota 2, Counterstrike ou outros.

Verdadeiro ou falso?

Na maioria das vezes falso Em nossos testes não vimos nenhuma melhoria no atraso ou tempo de ping. Ao contrário, ao mesmo tempo que não vimos nenhuma vantagem, muitos gamers reclamaram online sobre problemas de conexão e atraso introduzidos pelo servidor “intermediário” adicional.

Mito 2 - Faz jogos multiplayer funcionarem (ponto final)

Alguns provedores de internet bloqueiam conexões peer-to-peer (P2P), o que inclui jogos multiplayer como PUBG. Alguns provedores de VPN dizem que resolvem esses problemas.

Verdadeiro ou falso?

Falso! Em casos extremamente raros, o provedor de internet pode bloquear algumas conexões P2P que uma VPN pode contornar. Nossa pesquisa sobre os jogos e provedores de internet mais populares no mundo não revelou casos evidentes em que isso acontecia. Certamente isso nunca me ajudou a resolver problemas de conexão, mas há casos estranhos por aí que dizem que uma VPN resolveu problemas de conexão relacionados com provedores de internet.

Mito 3 - Obtém acesso a jogos com bloqueio geográfico

Muito conteúdo possui bloqueio geográfico, que o restringe a países ou regiões específicas. Isso inclui vídeos, sites de notícias e jogos. Se um dos seus jogos pode ser jogado online na Europa ou se é lá que está seu servidor favorito, então isso pode funcionar caso você viaje à Ásia ou aos EUA (e vice-versa). Instalar uma VPN permite decidir em qual servidor você se conectará, independente da sua localização, ao ocultar seu endereço IP atrás de um novo na região que você quiser. Uma captura de tela do Dying Light, o jogo

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro, mas novamente, em casos raros! A maioria dos jogos multiplayer pode ser jogada nos EUA, Europa e maior parte da Ásia. No entanto, alguns países aprovaram restrições em empresas que operam em um país, por exemplo, nos EUA, de fazer negócios em outro, como o Irã (a Blizzard é um exemplo conhecido disso). Outros governos bloqueiam completamente alguns jogos. Mas isso não é um problema para a maioria dos jogos populares.

Mito 4 - Acessar conteúdo em jogos

Os provedores de VPN dizem que você também pode usar uma VPN para obter acesso a jogos completos ainda não disponíveis em seu país. Por exemplo, se um jogo é lançado nos EUA, mas ainda não na Europa, você pode definir a localização do seu servidor como EUA e comprar e jogar antes das outras pessoas. Isso se aplica também a baixar conteúdo DLC, em alguns casos.

Quer usar uma VPN para ter um jogo antes do lançamento em sua região? Pode não valer a pena.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro, mas RARO e não aconselhável. Veja o exemplo de Fallout 4 em 2015: Os usuários enganaram o Steam para pensar que eles estavam na Nova Zelândia, onde Fallout 4 estava disponível por quase um dia antes do que nos EUA devido a diferenças no fuso horário. Isso fez com que os usuários fossem bloqueados no Steam, que é a última coisa que você quer ao esperar algum novo título.Uma captura de tela do Fallout 4, o jogo.
Agora, nosso conselho seria: ESPERE. Só isso. Claro que você está empolgado para jogar algo muito legal, mas o Steam ou os fabricantes do jogo terão liberdade total de bloqueá-lo.

Mito 5 - Proteger seus dados e evitar ataques de DDoS

Jogos competitivos se tornaram um setor importante e assim está sujeito a ataques de negação de serviço distribuído (DDoS), que visa seu endereço IP e assim desativa sua conexão (= você perde o jogo!). Uma VPN disfarça seu IP para que você não seja visado diretamente, ou os principais provedores de VPN assim declaram.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro, mas também EXTREMAMENTE raro, a menos que você tenha um servidor dedicado a campeonatos de Minecraft ou League of Legends. Se estiver nesse ramo de negócios, certamente não estará considerando uma solução de VPN ao consumidor.

Mito 6 - Jogar com outros gamers em qualquer lugar como se estivessem na mesma sala

Lembra dos bons e velhos dias de jogos em LAN? Eles não acabaram: muitos gamers ainda utilizam um modo que permite conectar PCs e laptops em uma rede local (LAN) e jogar em uma mesma sala.

Quando estiver viajando, as coisas ficam um pouco mais complicadas. Há ferramentas que permitem criar uma LAN pela internet, com tecnologia de VPN, como o Hamachi, que permite criar uma rede local e deixa que seus amigos conectem-se a ela, não importa onde você estiver. É fácil de configurar com apenas um clique. Todos seus amigos precisam ter esse software instalado.

Verdadeiro ou falso?

Verdadeiro, mas a maioria das VPNs não permite esse modo LAN (exceto a Hamachi).

Conclusão: Deveria usar uma VPN para jogos?

Veja bem, uma VPN pode ajudá-lo e pode valer a pena testar nos casos mencionados acima. Claro, vá em frente e experimente para ver se ela resolve seus problemas. Você pode experimentar o AVG Secure VPN gratuitamente. Na maioria dos casos, jogar sem uma VPN funciona bem e se seu jogo sofre com problemas de desempenho ou atrasos, provavelmente a causa é completamente diferente. Para saber mais sobre isso, confira nosso artigo “9 maneiras de melhorar seu console de jogos”.

Experimente o AVG Secure VPN

 

AVG Secure VPN Experimente GRÁTIS