Sua rede Wi-Fi ainda continua lenta, mesmo após nosso primeiro conjunto de dicas? Você ainda está enfrentando quedas e desconexões ocasionais?

Na parte dois de nossa série de otimização de Wi-Fi, mostraremos como melhorar ainda mais sua rede e experiência Wi-Fi.

Configure um repetidor wireless

Se seu apartamento ou casa tem paredes espessas ou é tão grande que seu roteador não consegue transmitir um sinal forte de uma extremidade a outra, provavelmente é melhor conseguir um repetidor wireless.

Esses se parecem muito com um roteador. Eles capturam os sinais Wi-Fi e retransmitem com força renovada. O repetidor se conecta com seu roteador sem fio como um cliente normal, recebendo um endereço IP através de DHCP, assim como um laptop ou PC normal.

  • Posição: sugiro seguir a primeira dica da parte 1 deste guia para localizar as áreas de sinal fraco. Coloque o repetidor perto de um desses pontos. Certifique-se de que ele esteja numa área de sinal forte e que possa captar pelo menos 80% do sinal do seu roteador principal.
  • Hardware: Ao escolher um repetidor, não fique confuso com os diferentes nomes. Algumas empresas chamam seus repetidores de "extensores de alcance", enquanto outros chamam de "expansões de Wi-Fi" ou algo similar. Todos eles são a mesma coisa. Basta ter certeza de escolher um que retransmita seu sinal 802.11n ou AC. Verifique também se ele é compatível com seu roteador.
  • Configuração: cada fabricante tem procedimentos diferentes de configuração. Em geral, tudo que você precisa é seu nome de rede e senha.

Dica: Verifique recursos para obter uma visão geral dos extensores. Ou tente esse guia abrangente sobre como usar seu roteador como um repetidor sem fio universal.

Otimize as configurações do Wi-Fi

Há muitas configurações complicadas em seu roteador que podem ajudar a otimizar o sinal em sua casa. Infelizmente, os fabricantes tendem a oferecer opções sob nomes diferentes, portanto vamos dar algumas dicas que explicam o que procurar e onde procurar. Também é necessário verificar os valores padrão de algumas configurações.

  • Modo sem fio de 5 Ghz: Se seu roteador e adaptador tiver um modo de 5 Ghz, recomendo usá-lo em vez do normal de 2,4 Ghz. Conhecido como “banda dupla”, esses dispositivos podem fornecer uma melhor taxa de transferência quando o modo de 5 Ghz é ativado.

Para ativar uma conexão de 5 GHz, acesse a página de configuração do seu roteador (normalmente mostrada no dispositivo) e encontre as configurações wireless. Caso veja uma opção para a conexão de 5 Ghz, ative-a.

  • Limite de RTS: RTS significa "Request to send" (solicitar para envio). Na essência, essa função solicita que laptops e smartphones permitam o envio do próximo pacote de dados. Quanto menor o limite, mais estável é a sua rede Wi-Fi, pois ela solicita o envio de pacotes com mais frequência.

    Se não tiver problemas com seu Wi-Fi, certifique-se de que o Limite de RTS está definido com o valor máximo permitido. 
    Para isso, acesse a configuração do seu roteador e tente encontrar o "valor do Limite de RTS" nas configurações wireless. Configure como 2347.

    Se 
    TIVER problemas com sua WiFi (quedas, necessidade de reiniciar, etc.), experimente reduzir esse valor.
  • Limite de fragmentação: Esse valor é usado par definir o tamanho máximo de um pacote que pode ser enviado. Pacotes menores melhoram a confiabilidade, mas reduzem o desempenho. A menos que esteja enfrentando problemas com uma rede não confiável, não é recomendado reduzir o limite de fragmentação. Certifique-se de definir para as configurações padrão (geralmente, 2346).
  • Ativar configurações de multimídia/jogos: Alguns adaptadores sem fio podem ser configurados para uso regular ou para multimídia/jogos. Se estiver fazendo streaming de vídeo ou jogando, ativar esse segundo modo garantirá que os pacotes de rede para eles serão priorizados. No futuro, se estiver assistindo um arquivo de vídeo através de sua rede, o vídeo será priorizado.

Estabeleça referências e diagnostique seu Wi-Fi

Essa dica não é, por si, uma técnica de otimização, mas é uma excelente maneira de determinar se nossas dicas tiveram um efeito positivo em sua rede. A ferramenta gratuita "QCheck" mostrará o tempo de resposta, taxa de transferência e desempenho de streaming de sua configuração sem fio. Você pode obtê-la facilmente nesse website após preencher um formulário curto.

Insira seu endereço IP sob "Endpoint 1" e outro endereço IP em sua rede sob "Endpoint 2". Depois, execute o teste.

Substitua sua antena!

Alguns fabricantes de roteador vendem antenas externas que são muito mais fortes que a antena embutida do roteador. Se seu final for fraco em alguns lugares (e todas as nossas outras dicas fracassaram), você precisa verificar se seu fabricante vende antenas omnidirecionais ou direcionais.

  • Omnidirecional: Envia um sinal em todas as direções. Como padrão, a maioria das antenas é omnidirecional, mas elas não são iguais em termos de potência, por isso, certifique-se de obter uma maior com "alto ganho".
  • Antena direcional: esse tipo de antena envia um forte sinal sem fio em uma certa direção, em vez de espalhá-la em todas as direções, melhorando o desempenho da área alvo. É como apontar uma lanterna em uma certa direção em vez de usar uma luminária de teto comum.

Para conectar uma nova antena, você geralmente usará um conector SMA ou MMCX. Para obter mais informações sobre antenas sem fio, recomendo o website Do-It-Yourself Wireless Antenna Update (Atualização do faça você mesmo uma antena sem fio, em inglês) por BinaryWolf. Você encontrará excelentes guias de instruções e recomendações de hardware que ajudarão a escolher a melhor antena e a configuração certa.

Isso é tudo! Usar essas dicas e truques deve melhorar o desempenho da sua Wi-Fi e sua experiência. Se tiver outra dica para melhorar sua rede sem fio, conte para nós!

Compartilhe essa história:


Tópicos relacionados:


Gostou deste artigo? Tente esses:

Pular para o conteúdo Pular para o menu