Duração da bateria: é ainda a angústia número 1 dos usuários de smartphone. Mesmo celulares de ponta (ou laptops, para esse efeito) ainda se baseiam em uma tecnologia que não teve muitas melhorias em décadas. Por isso, centenas de artigos sobre Excelentes maneiras de fazer sua bateria durar mais temperam cada canto da Internet.

Mas, quais das dicas mais comumente relatadas são verdadeiras e quais são “poções milagrosas”? Vamos descobrir!

Nº1 Esgote completamente sua bateria para estender sua vida útil

Provavelmente é um dos piores mitos de bateria por aí, que se aplica apenas se você estiver usando uma bateria de níquel-cádmio dos anos 80 ou 90 em seu camcorder Sony ou Sega GameGear. A regra antiga diz que você precisa esgotar completamente sua bateria, até 0%, antes de recarregar, caso contrário o  efeito memória será estabelecido e reduzirá a vida útil de sua bateria.

Bom, vamos ver a verdade. As baterias de íons de lítio não são afetadas por essa regra e não esquecem sua capacidade total apenas porque você conectou seu telefone em 30%, 50%, ou mesmo 97%. Se esse mito fosse verdadeiro, tanto meu Galaxy S6 quanto meu iPhone 6S desligariam em minutos, pois eu os retiro de suas bases de carregamento cerca de 50 vezes por dia, para navegar na web, fazer chamadas (que podem durar horas) ou assistir clipes no YouTube.

As baterias de íons de lítio tem um conjunto fixo de ciclos de descarga, normalmente vários milhares, que levam anos para serem atingidos. Além disso, os ciclos funcionam assim: Se você descarregar seu telefone para 75% (e recarregá-lo novamente até 75%) um dia e para 25% no dia seguinte, você completará UM ciclo de descarga e não dois.

Veredito final: FALSO

Nº2 Esgote sua bateria até 0% para calibrar o medidor

O mito diz assim: seu telefone é ruim em reconhecer a carga real. Por isso, dar duas marcas de referência claras de 0% e 100% garantirá que seu medidor seja preciso. Isso porque as baterias de íons de lítio em seu telefone e outros dispositivos móveis perdem um pouco de sua carga original ao longo do tempo, o que significa que seu sistema operacional não comunica corretamente a carga correta da bateria a você.

Para garantir que ele faça isso, você deve descarregar completamente sua bateria e depois carregá-la completamente a cada 2-3 meses. O sistema operacional registra essa descarga e pode continuar a exibir o nível de bateria atual corretamente de 0-100%, mesmo que a capacidade física real possa ser reduzida a 98%.

Veredito final: VERDADEIRO

Nº3 Use apenas carregadores e cabos do seu fabricante de telefone

ou seu telefone derreterá!
ou seu telefone não recarregará com a mesma velocidade!
ou seu telefone se tornará consciente e escravizará você primeiro e depois toda a humanidade!

*Suspiro*. Tenho lido esses mitos há muito tempo. Alguns deles provavelmente começaram com os fabricantes de telefone, pois eles gostariam de vender seus próprios (e mais caros) cabos, carregadores, docks e pads de recarga sem fio. Em geral, carregadores de outras empresas são capazes de recarregar seu telefone da mesma maneira que o original do fabricante.

No entanto, não seja muito muquirana. É impossível contar quantos carregadores de US$ 3,99 comprei em aeroportos ou lojas aleatórias de eletrônicos na Ásia que pararam de funcionar em poucas semanas. Se deseja algo confiável, use o cabo original que vem com seu telefone ou examine as avalições no Amazon. Se um cabo de recarga for fabricado por uma marca de boa reputação e tem centenas de avaliações com cinco estrelas, nada pode dar errado.

Uma observação, no entanto: os novos cabos USB-C são uma exceção a essa regra. Existem agora várias implementações entre USB-C da OnePlus e as especificações oficiais de USB-C. Se você trocar um pelo outro, você poderá realmente acabar danificando a bateria do seu telefone. Examine as avaliações e mais sobre esse assunto em https://plus.google.com/+BensonLeung.

Veredito final: FALSO (a menos que esteja comprando um cabo sem marca de uma estrela de uma feirinha)

Nº4 Desplugue seu telefone quando estiver com 100%

ou ele poderá sofrer uma sobrecarga! Ou queimar!

Um grande amigo realmente desplugou meu telefone em 100% dizendo que isso poderia danificar a bateria. Até mesmo algumas publicações de tecnologia de boa reputação dizem que isso é verdade. Bom, não é. Qualquer dispositivo moderno interrompe ou limita drasticamente o fluxo de energia para sua bateria assim que ela atinge a capacidade máxima e simplesmente alimenta o dispositivo diretamente.

Dito isso, eu notei que meus telefones se aquecem um pouco quando estão plugados, o que após longo período de tempo pode ter efeito adverso sobre o hardware. Mesmo assim, provavelmente, levará anos para que um dispositivo pare de funcionar só porque ficou um pouco mais quente do que o normal.

Veredito final: FALSO

Nº5 Evite calor e frio excessivos

Por falar em calor, isso me lembra outra típica dica de bateria: Usar seu telefone em temperaturas extremamente baixas ou altas poderá danificar a bateria. Isso é realmente verdade, pois o fluxo de íons e a estabilidade química são afetados por flutuações severas e extremos de temperatura. Além disso, a velocidade da reação química em sua bateria de íons de lítio aumenta com a temperatura, criando calor que então degrada mais a bateria ou mesmo danifica o telefone (felizmente, os telefones têm um mecanismo integrado para evitar que isso ocorra: eles desligam).

Embora temperaturas excessivamente baixas não danifiquem a bateria, elas podem reduzir severamente sua vida útil. Você pode ter notado que seu telefone fica sem carga muito mais rápido ao utilizá-lo fora durante o inverno.

Veredito final: VERDADEIRO

E aqui estão mais dois mitos de bônus que foram testados

Embora não diretamente ligados à bateria, muitas lojas dizem que fechar aplicativos e desligar recursos, como WiFi, prolongam a vida da bateria. Bom, uma é verdade, outra nem tanto.

Fechar aplicativos afeta muito pouco a vida da bateria, pois seu sistema operacional simplesmente congela aplicativos que não estão em execução. Além disso, se você fechá-los, serão necessários mais recursos (e assim mais energia) para reiniciá-los.

No entanto, desativar alguns recursos de hardware Wi-Fi, Bluetooth, GPS e 4G) pode melhorar a duração da bateria de maneira perceptível.

Veredito final: Falso (para aplicativos) e Verdadeiro (para recursos de hardware)

Compartilhe essa história:


Tópicos relacionados:


Gostou deste artigo? Tente esses:

Pular para o conteúdo Pular para o menu